Boi gordo: semana começa com preços firmes

Publicado em 25/03/2019 por Canal Rural

Apesar disso, a consultoria Safras&Mercado indica que o movimento de alta perdeu intensidade nos últimos dias da semana anterior
O mercado físico de boi gordo segue com preços firmes. No entanto, o movimento de alta perdeu intensidade nos últimos dias da semana anterior. Segundo a consultoria Safras&Mercado, houve diminuição da demanda, movimento natural tratando-se de uma segunda quinzena de mês.
O analista de mercado Fernando Henrique Iglesias explica que os frigoríficos ainda se deparam com escalas de abate encurtadas, posicionadas entre dois e três dias úteis.
“Ao mesmo tempo que oferta de animais terminados permanece restrita e as pastagens seguem excelente condição, permitindo a retenção como estratégia recorrente”, afirmou.
Em São Paulo, a arroba do boi gordo ficou cotada em R$ 156. Em Uberaba (MG), o preço ficou em R$ 150. Em Dourados (MS) o valor de referência da sexta-feira, 22, estava em R$ 146. Em Goiânia (GO), a arroba ficou cotada em R$ 147 e em Cuiabá (MT) R$ 142.
Atacado
No atacado, a carne bovina também se mantém com preços firmes. Entretanto, o ambiente de negócios aponta para um movimento mais comedido de alta até a virada de mês, avaliando a reposição mais lenta entre atacado e varejo.
“Em linhas gerais, o perfil de consumo se sustenta, ainda com predileção de cortes menos nobres, a exemplo do dianteiro bovino e da carne de frango”, disse Iglesias.