Commodities Agrícolas

Publicado em 14/05/2018 por Valor Econômico

Mercado cambial As cotações do café arábica na bolsa de Nova York continuam acompanhando as variações do dólar ante o real. Após subirem na quinta-feira, refletindo a queda da moeda americana, os contratos futuros voltaram a recuar na última sexta-feira, quando o dólar rompeu o patamar dos R$ 3,60. Os papéis com vencimento em julho fecharam a US$ 1,194 a libra-peso, retração de 15 pontos e desvalorização de 320 pontos na semana. O dólar mais forte eleva as margens dos exportadores brasileiros, favorecendo uma maior oferta do país no mercado internacional no momento em que as previsões apontam para safra recorde no Brasil em 2018/19. No mercado interno, o indicador Cepea/Esalq para o café arábica em São Paulo ficou em R$ 448,47 a saca, alta de 0,94%.