Desmatamento na Amazônia diminuiu em fevereiro, diz Imazon

Publicado em 28/03/2019 por O Eco

O desmatamento na Amazônia diminuiu em fevereiro, após apresentar três meses de subida consecutiva. Os dados são do Boletim do Desmatamento (SAD), do Imazon, organização da sociedade civil que realiza o monitoramento independente do desmatamento e degradação do maior bioma do país.
O tamanho da perda de floresta foi menor no segundo mês de 2019, alcançando 93 quilômetros quadrados, uma redução de 57% em relação ao mesmo mês do ano passado, quando o desmatamento somou 214 km². É a segunda vez que ocorre uma redução do desmatamento em relação ao ano passado desde agosto, quando iniciou o calendário de desmatamento de 2019. Em outubro, os números também foram favoráveis. O desmatamento é contado de agosto de um ano a julho do ano seguinte.
Considerando os 7 primeiros meses do calendário do desmatamento 2019, há um aumento de 46% em relação ao mesmo período do ano anterior.
Campeões de desmatamento
Mato Grosso liderou o ranking de estado que mais desmatou, sendo responsável por 45% do desmate ocorrido no período, seguido de Roraima (24%), Pará (13%), Rondônia (9%), Amazonas (8%) e Acre (1%).