Diretor fala sobre morte de peixes perto de estação elevatória do SAAE

Publicado em 11/04/2018 por Blog do Acélio

Desde a manhã da última segunda-feira, 9,  morrem peixes no córrego que fica ao lado da estação elevatória do SAAE na rua Coelho Neto, centro da cidade, (perto da escola Lúcia Bayma/ a mesma que vai dá no Troca-troca).

Um vídeo feito por um leitor foi publicado pelo blogdoacelio.

Ontem, 10, o secretário do Meio Ambiente, Ivaldo José da Silva, e o diretor do SAAE, Evimar Barbosa, assessorados, estiveram no local. Ambos descartaram qualquer contato dos peixes, principalmente, pequenos mandis, com produtos químicos vindos da estação.

O diretor do Saae garantiu que isso é impossível porque a estação usa apenas a força da gravidade para bombear o esgoto que chega nela para a Estação de Tratamento que fica no bairro São Benedito próximo ao matadouro (lagoas de decantação).

O que pode ter ocorrido foi o encontro da água com uma quantidade maior de esgoto deixando o ambiente sem oxigênio para os peixes que passaram a morrer sufocados.

Evimar prometeu resolver o problema colocando uma bomba com poder de tirar maior quantidade possível de esgoto do local mandando-o para a estação de tratamento do Saae. VEJA