Dólar cai na manhã desta segunda, com oferta extra de swap do BC e exterior

Publicado em 14/05/2018 por IstoÉ

O dólar se ajusta em baixa à previsão de início de oferta adicional e antecipada de swap cambial (9h30), além da operação já em andamento de rolagem do vencimento desses contratos em 1º de junho, no fim da manhã desta segunda-feira, 14 (das 11h30 às 11h40).

O viés de baixa do índice do dólar (DXY) nesta manhã no exterior em meio aos sinais mistos da moeda americana frente algumas divisas ligadas a commodities também pesam nessa precificação. Contudo, operadores de câmbio avaliam que esse alívio pode ser pontual.

"O que o BC fez foi mandar um recado ao mercado: 'eu estou por aqui', não brinquem muito com o dólar pois tenho munição suficiente para segurar a moeda", avaliou Jefferson Rugik, diretor da Correparti. Para ele, tem um efeito mais psicológico no mercado, pois o acréscimo de US$ 200 milhões na oferta total que já havia sido anunciada, para cerca de US$ 3 bilhões ante US$ 2,8 bilhões anteriormente, pode ser insuficiente.

"O dólar abre em queda acompanhando o exterior e por respeito ao BC, mas a divulgação da pesquisa (eleitoral) MDA/CNT (11 horas) tem força para mexer com os mercados mais tarde", avaliou Rugik.

Mais cedo, o operador da corretora H.Commcor Cleber Alessie Machado Neto disse ao Broadcast que o mercado pode ter alívio pontual com essa mudança operacional do leilão de swap. "Deve ter impacto pontual sim. O dólar vai se ajustar, mas a oferta de US$ 2,8 bi inicialmente já estava praticamente precificada", ponderou. Para ele, o efeito poderá ser insuficiente para conter o ímpeto do dólar, que não deve mudar de patamar", na sua avaliação.

Após o dólar à vista ter fechado aos R$ 3,6002 na sexta-feira, 11, a autoridade monetária anunciou aumento de US$ 200 milhões na oferta total de swap, para cerca de US$ 3 bilhões, e antecipar a partir desta segunda a oferta adicional (9h30), por meio de leilão de 5.000 contratos ou US$ 250 milhões desses contratos por dia. Além disso, fará outro leilão de 4.225 contratos ou US$ 211,25 milhões, para rolar integralmente o vencimento de 01/06, das 11h30 às 11h40.

Na pesquisa Focus divulgada mais cedo, o câmbio para fim de 2018 subiu de R$ 3,37 para R$ 3,40. Às 9h33 desta segunda-feira, o dólar à vista caía 0,50%, aos R$ 3,5817. O dólar futuro de junho recuava 0,55%, aos R$ 3,5875.