Glencore tem alta no lucro líquido a US$ 2,78 bilhões no 1º semestre

Publicado em 08/08/2018 por IstoÉ Dinheiro

A Glencore informou nesta quarta-feira que seu lucro líquido foi de US$ 2,78 bilhões no primeiro semestre deste ano, alta de 13% na comparação com o de US$ 2,45 bilhões registrado em igual período de 2017. O resultado foi apoiado pela alta nos preços das commodities, mas a companhia anglo-suíça do setor de mineração tem enfrentado vários problemas que prejudicam o preço de sua ação nos últimos meses.

O lucro ajustado antes de juros, impostos, depreciação e amortização, que retira itens pontuais do balanço (Ebitda ajustado), teve crescimento de 23% na mesma comparação, a US$ 8,27 bilhões no primeiro semestre de 2018. Analistas da corretora Accendo Markets disseram que esse número estava na margem inferior do consenso do mercado para o Ebitda ajustado, o que pressionava a ação. A receita da mineradora subiu 8,2%, a US$ 108,6 bilhões. Já a dívida líquida teve queda de 16%, a US$ 9 bilhões, nesse caso comparando-se com a dívida de US$ 10,7 bilhões de 31 de dezembro último.

A mineradora enfrentou problemas na operação no Congo no primeiro semestre, após ser alvo de processos por suas operações nesse país. Mais recentemente, as ações ficaram pressionadas após a Glencore ter sido intimada pelo Departamento de Justiça dos EUA em um caso relacionado ao cumprimento de leis para evitar a lavagem de dinheiro. Executivo-chefe da Glencore, Ivan Glasenberg afirmou que a perspectiva para o mercado segue “volátil”, mas se disse confiante na força do negócio subjacente. Após o balanço, a ação da empresa recuava 2,02%, na Bolsa de Londres, às 4h10 (de Brasília). Fonte: Dow Jones Newswires.