Operação investiga desmatamento da Mata Atlântica na Bahia e em 14 estados

Publicado em 11/09/2018 por A Tarde - BA

Ter , 11/09/2018 às 08:53 | Atualizado em: 11/09/2018 às 08:58

Da Redação

Objetivo da ação é identificar as áreas desmatadas, punir os responsáveis e exigir reparação - Foto: Divulgação | MP-BA Objetivo da ação é identificar as áreas desmatadas, punir os responsáveis e exigir reparação

Segue até está quarta-feira, 12, na Bahia e em outros 14 estados brasileiros, uma operação de combate ao desmatamento em áreas de Mata Atlântica. O objetivo da Operação Nacional Mata Atlântica em Pé, realizada pelas unidades estaduais do Ministério Público, é identificar as áreas afetadas, punir os responsáveis e cobrar a reparação dos danos.

Na Bahia, as ações começaram pela região de Porto Seguro e vão contemplar também outras áreas do bioma. Além do MP-BA, participam da operação servidores e promotores de Justiça, policiais da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA) e agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

A ação acontece ainda nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Goiás, São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Sergipe, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí e Ceará. Os resultados serão apresentados na tarde desta quinta, 13.

O bioma da Mata Atlântica está presente em 17 estados brasileiros e cobre (em sua extensão original) cerca de 13% do território nacional, onde vivem aproximadamente 140 milhões de pessoas que dependem das múltiplas funções ambientais da Mata Atlântica. Apesar disso, continuam ocorrendo desmatamentos em toda a sua extensão.

comentários