Produtores esperam colheita de tangerina 20% maior em 2018, em Conceição do Castelo, ES

Publicado em 11/06/2018 por G1

Produtores de tangerina de Conceição do Castelo, no Sul do Espírito Santo, preveem uma colheita 20% maior da fruta em 2018, comparada à do ano anterior. Segundo eles, o aumento aconteceu devido ao clima favorável.

“A produção é muito boa. Vai ser bem mais que no ano passado. Tem ano que aperta um pouco, mas esse ano foi bom. O clima foi bom, choveu bem. Então, ficou muito bom”, disse o produtor Ademar Zanão.

Há 22 anos, ele trabalha com tangerina, em cinco hectares de plantação. De lá, vão sair cerca de 100 toneladas da fruta.

O engenheiro agrônomo do Incaper, Sabastião Gomes, falou do benefício da produção. “É uma fonte extra de renda que o produtor tem. É a importância que a gente cita da diversificação de culturas também como fonte de arrecadação para o município”, destacou.

Roberval Bravim também produz tangerina e a safra deste ano também está maior que a do ano anterior para ele. No entanto, com mais frutas para vender, o preço diminui.

Ele contou que começou a colher mais cedo que o normal, no início de abril, e chegou a vender por R$ 30 uma caixa de 20 kg. Atualmente, com a grande colheita de todos os produtores, uma caixa é vendida por R$ 10.

Para 2019, Roberval começou a investir num sistema de irrigação diferente. “É tentar adiantar um pouco, chegar mais cedo no mercado, porque não tem tanta oferta do produto no mercado. Não tendo tanta oferta, o preço é melhor”, falou.

De lá, está prevista a saída de 120 toneladas de tangerina. “Ceasa, Marataízes e uma parte para o Rio de Janeiro”, destacou.

Publicado originalmente por G1