Com tecnologia da Jacto, TIM e Nokia levam conectividade para fazenda da Amaggi

Publicado em 08/07/2019 por Revista Cultivar

Com o objetivo de levar conectividade 4G para a fazenda Água Quente (MT), propriedade da Amaggi, a Jacto, fornecedora da solução OtmisNET, Tim, e a Nokia, responsáveis por a levar solução 4G Tim no Campo para a fazenda, estão realizando o projeto-piloto “Telemeclima”.  O intuito da iniciativa é evidenciar como as tecnologias embarcadas nas máquinas colaboram para uma gestão mais racional no agronegócio, fornecendo informações em tempo real, possibilitando redução de custos e permitindo que o trabalho seja feito de forma preventiva, mitigando desperdícios e falhas.
Nesta fase, serão conectados cerca de 700 equipamentos agrícolas, além de outras ‘coisas’ que possam utilizar a infraestrutura nesse ecossistema, que se beneficiarão da rede 4G da Tim para melhorar a atuação na fazenda da Amaggi, uma das principais empresas agrícolas do Brasil com atuação nas áreas de produção agrícola, logística e operações, commodities e energia.
“A tecnologia OtmisNET tem o diferencial de ser multimarcas, podendo ser usada para plantio, pulverização, adubação, colheita e preparo do solo, independente do fabricante da máquina. Assim, o produtor rural ou o gestor agrícola acompanha em tempo real todo o processo produtivo, facilitando as tomadas de decisão. Só conseguimos fazer gestão quando medimos as variáveis do processo. E a solução, com o suporte da conectividade da parceria, permite essa agilidade, essa identificação e intervenção no momento em que as falhas estão acontecendo”, explica o gerente de negócios da Otmis, marca da Jacto para agricultura de precisão, Cristiano Pontelli.
“Queremos contribuir com a nossa expertise para facilitar a vida do produtor, aumentando sua produtividade. A Tim é líder no 4G e no processo de digitalização do campo utilizando a faixa de 700 MHz, o que garante ampla cobertura em áreas internas e externas da fazenda, conectando não só as máquinas, mas também as pessoas. A parceria com a AMAGGI reforça nossa meta que é conectar cinco milhões de hectares com o 4G até o fim do ano”, afirma Head de Produtos B2B & IoT da TIM Brasil, Alexandre Dal Forno.
A eficiência operacional do projeto depende também do fornecimento de equipamentos de ponta nesse ecossistema conectado. “A Nokia está comprometida com a digitalização do Agronegócio, fornecendo soluções de ponta em conectividade, IoT (Internet das Coisas) e redes de alta performance para impulsionar o desenvolvimento do setor. O projeto em parceria com a Amaggi, Tim e Jacto trará ganhos de competitividade e eficiência operacional por meio de inovações tecnológicas fundamentais, como 4G sobre satélite para conectar pessoas e coisas nas fazendas, tudo preparado para evoluir, no futuro, para o 5G”, conta o Diretor de Novos Negócios da Nokia no Brasil, Leonardo Finizola.
Entre outros ganhos destacados está a comunicação entre máquinas (Machine to machine), que só é possível graças à conectividade; com a sincronização automática das áreas trabalhadas entre os equipamentos, há a troca de dados em tempo real, reduzindo erros operacionais, como falhas e sobreposições, e aumentando a eficiência operacional.
“Esperamos que esse trabalho traga um ganho maior de performance operacional, além da facilidade de comunicação entre os nossos colaboradores, que agora podem realizar chamadas de videoconferência para uma tomada de decisão ou intervenção mecânica remota, caso necessário”, explica o diretor da Amaggi Agro, Pedro Valente.