Tramitação de pautas do agronegócio deve ficar mais ágil

Publicado em 05/02/2019 por Canal Rural

Baixo índice de renovação da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) e escolha de parlamentares do DEM para a Câmara e Senado devem favorecer o setor
O novo perfil dos parlamentares do Congresso Nacional deve favorecer o andamento de pautas do agronegócio. Segundo o jornalista do Canal Rural André Anelli, um dos motivos é o menor índice de renovação de parlamentares da bancada ruralista. Enquanto o índice foi de 47% na Câmara e de 85% no Senado, na Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) o número foi menor. A escolha de Rodrigo Maia (DEM-RJ) para presidir a Câmara e de Davi Alcolumbre (DEM-AP), apoiados pelo presidente Jair Bolsonaro, também deve favorecer o setor agropecuário.