5 notícias quentes da semana na política paranaense

Publicado em 10/03/2018 por Gazeta do Povo

O pedágio foi o tema central da semana que passou. Por dois motivos: a intenção da União de retomar as rodovias federais no Paraná e a repercussão da ação da Operação Lava Jato que mirou o pedágio no estado. Relembre estas e outras polêmicas da semana que passou:

1 - Fim dos contratos do pedágio

Após o término dos atuais convênios de delegação das rodovias federais ao governo do Paraná, que vence em 2021, os trechos voltarão ao patrimônio da União, sem possibilidade alguma de prorrogação dos contratos com as concessionárias de rodovias, que vencem na mesma época. A informação, exclusiva da repórter Rosana Felix, da Gazeta do Povo, repercutiu durante a semana.

Ouvimos o governador Beto Richa, os deputados federais e os parlamentares estaduais sobre o assunto. Eles têm opiniões diversas sobre o tema. Veja aqui toda a repercussão.

2 - Lava Jato mirando o pedágio

Os sobrenomes dos implicados na Operação Integração, deflagrada no dia 22 pela Lava Jato, têm ajudado o Ministério Público Federal (MPF) na tarefa de conectar empresários, empregados do alto escalão da concessionária de rodovias Econorte e também agentes públicos, especialmente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER). A suspeita geral é de prática dos crimes de corrupção, peculato, fraude, lavagem e associação criminosa. Veja aqui quem são as famílias.

3 - Delação na Carne Fraca

A mais nova delatora no âmbito da Operação Carne Fraca relatou ao Ministério Público Federal (MPF) que o deputado federal Sérgio Souza (PMDB-PR) recebia R$ 10 mil por mês da JBS, através de Daniel Gonçalves Filho, que por quase dez anos comandou a Superintendência do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) no Paraná, indicado pela bancada do PMDB. O parlamentar nega.

4 - Sem 13º salário retroativo

O grupo de 13 vereadores e ex-vereadores de Curitiba que pleiteava o recebimento de 13º salário retroativo ao ano de 2013 desistiu de buscar o benefício na Justiça. A informação foi revelada com exclusividade por João Frey.

5 - Nota Curitibana

A prefeitura de Curitiba lançou o Nota Curitibana e já tem data para o primeiro sorteio de prêmios. De acordo com a prefeitura, mais de 30 mil pessoas haviam preenchido o cadastro para concorrer aos prêmios. O primeiro sorteio será no dia 28 de março durante as comemorações do aniversário da cidade.