Camex mantém zerada alíquota de importação de agroquímico formulado

Publicado em 08/02/2018 por IstoÉ

Ribeirão Preto, 8/2 - O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, informou, na noite desta quarta-feira, 7, que a Secretaria Executiva da Câmara de Comércio Exterior (Camex) rejeitou o pedido para aumento da alíquota de importação de agroquímicos formulados, de zero para 8%. Segundo o ministro, a demanda para o reajuste era da indústria nacional e foi encaminhada à Camex pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

"Isso (alíquota zero) foi conquista dos agricultores, que vem desde o 'Grito do Ipiranga MT (Mato Grosso)'. Conseguimos segurar e a alíquota continuará zero. Sempre preservando a renda do produtor", relatou Maggi.

O ministro informou, sem dar detalhes, que uma proposta de aumentar a alíquota da borracha importada, feita pela Agricultura, não foi avaliada na reunião da Camex. A demanda deve ser reapresentada em 45 dias, quando o colegiado da Camex deve se reunir novamente.