Dólar renova mínimas pressionado por queda no exterior e otimismo com Brasil

Publicado em 11/10/2017 por IstoÉ Dinheiro

O dólar renovou mínima ante o real na manhã desta quarta-feira, 11, refletindo continuidade da percepção mais positiva sobre o Brasil, além do enfraquecimento do dólar frente aos seus principais pares internacionais e moedas emergentes e ligadas a commodities, disse o economista-chefe da Guide Investimentos, Ignácio Crespo.

O gerente de derivativos de uma gestora de recursos também afirmou que a queda frente o real segue o desempenho mais fraco da moeda americana nesta quarta no exterior, mas também é precificada a previsão de que o governo poderá fechar as contas públicas este ano com déficit inferior à meta fiscal de déficit de R$ 159 bilhões.

"O FMI elogiou o esforço fiscal brasileiro e prevê alta do PIB. Há uma realização após o ajuste do dólar no fim da tarde de ontem", afirma a fonte.

O dólar futuro de novembro caiu à mínima de R$ 3,1690 (-0,63%), puxando o dólar à vista à mínima aos R$ 3,1603 (-0,75%).

Às 10h22, o índice do dólar (Index) recuava 0,29%.