Entidades científicas lançam HQ sobre clima

Publicado em 13/11/2017 por DCI

13/11/2017 - 05h00

Entidades científicas lançam HQ sobre clima

Publicação é destinada principalmente aos estudantes do ensino médio; conteúdo reúne aventura e ciências

A educação de crianças e jovens sobre desastres ambientais também é tema da COP-23, em Bonn
A educação de crianças e jovens sobre desastres ambientais também é tema da COP-23, em Bonn
Foto: Fotos Públicas

São José dos Campos - Em meio à Conferência da Organização das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, a COP-23, que ocorre em Bonn, na Alemanha, dias 6 a 17, aqui no Brasil duas entidades apresentam uma ferramenta para acelerar a educação ambiental voltada ao público estudantil.

A COP-23 reúne cerca de 25 mil participantes, entre eles integrantes das delegações de 195 países, além de cientistas e especialistas em sustentabilidade e meio ambiente. No encontro, os países são alertados sobre os desastres naturais decorrentes de eventos extremos,

Duas entidades de São José dos Campos - o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) e o Instituto de Ciência e Tecnologia da Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) -, aproveitaram a data para lançar um projeto de educação ambiental.

No formato de revista de histórias em quadrinhos (HQ), o "Educação + Participação: uma equação para redução do risco de desastres", é uma publicação destinada principalmente aos estudantes do ensino médio, e é constituída por conteúdo que vai da aventura, conhecimentos científicos, monitoramento de inundação a eventos climáticos drásticos. O material passará a ser distribuído nas escolas públicas.

O lançamento da HQ ocorreu durante Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, realizada em São José dos Campos (SP), com o tema "A matemática está em tudo", que contou com a presença de cerca de 320 estudantes, professores de 15 escolas de vários municípios do Vale do Paraíba, além de Ubatuba, Vargem Grande do Sul e de São Paulo. Todos esses municípios são parceiros do Cemaden Educação.

"Muitos de vocês vão se identificar nessa revista, pois elaboramos a história com base na realidade e nas experiências relatadas nos projetos desenvolvidos nas escolas", disse a pesquisadora e antropóloga Rachel Trajber, coordenadora do Projeto Cemaden Educação, no lançamento da revista.

A HQ apresenta, em linguagem acessível, a ocorrência de um desastre socioambiental, a situação em que ocorreu e suas causas, mostrando a força da escola na produção do conhecimento, o envolvimento da comunidade e a participação da Defesa Civil nas ações de prevenção e redução dos riscos nas áreas vulneráveis.

A criação da revistinha com história ambientais contou com recursos do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), com o apoio da Associação de Especialistas Latinoamericanos de Sensoriamento Remoto (Selper) e patrocínio da Visiona Tecnologia Espacial.

Julio Ottoboni

Assuntos relacionados:

meio ambiente