Farsul diz que 2017 teve safra cheia e bolso vazio

Publicado em 06/12/2017 por Band

Segundo a Farsul, a desvalorização dos grãos reduziu o valor bruto da produção das principais culturas no Estado / Vicente Medeiros / Rádio Bandeirantes Segundo a Farsul, a desvalorização dos grãos reduziu o valor bruto da produção das principais culturas no Estado Vicente Medeiros / Rádio Bandeirantes

A Federacao da Agricultura do Rio Grande do sul completa 90 anos de fundação neste ano e comemora a expansão dos grãos no Estado, o que marca uma recuperação após um ano prejudicado pela presença de um forte El Niño. A produtividade elevada devido ao clima, somada a expansao da area cultivada, permitiram um aumento histórico da produção de grãos.

 

Apesar da alta produção, houve uma forte queda nos preços. Segundo a Farsul, a desvalorização dos grãos reduziu o valor bruto da produção das principais culturas no Estado. Registrando o que a própria entidade chama de safra cheia, bolso vazio.

 

Para 2018, a projeção é safra menor em razão de menor área e menor produtividade, mas com produção ainda elevada diante dos patamares históricos.