A Fundação Vale no desenvolvimento sustentável

Publicado em 14/03/2018 por O Estado do Maranhão


A Vale considera em sua Política Global de Sustentabilidade que o desenvolvimento sustentável é alcançado quando, entre outros pontos, seus negócios apoiam o fortalecimento das comunidades e o desenvolvimento socioeconômico das regiões onde há operações da empresa, por meio de gestão consciente e responsável, de ações empresariais voluntárias e de parcerias intersetoriais. É nesse contexto que a Fundação Vale atua, trabalhando com comunidades vulneráveis com o objetivo principal de fortalecer o legado que a Vale deixa para essas populações, por meio de projetos estruturantes nas áreas de saúde, educação e geração de renda.

Em 1968, a Fundação Vale surgiu com uma proposta diferente, numa época em que as fundações atuavam para apoiar empregados a terem um imóvel próprio. Com o passar dos anos, temas como sustentabilidade, responsabilidade social e corporativa, e desenvolvimento sustentável foram moldando uma nova forma de atuação dessas instituições, as quais passaram a ter nas comunidades o seu foco de atuação. Seguindo as novas tendências, a Fundação Vale se consolidou hoje como uma fundação corporativa, sem fins lucrativos, que busca promover o desenvolvimento das comunidades onde a Vale possui operações.

Parceria, sem dúvida, é uma palavra fundamental neste contexto. Os projetos da Fundação Vale são construídos em conjunto, inclusive com a participação de governos, organizações da sociedade civil e empresas. Chamamos essa relação de Parceria Social Público Privada, quando esse conjunto de atores reúne conhecimento, recursos e esforços em torno do objetivo central, que é promover o desenvolvimento sustentável dos territórios sob a influência da Vale.

Com 50 anos de atuação, a história da Fundação Vale é marcada por mudanças, desafios, aprendizados e, principalmente, experiências bem-sucedidas. O Programa Agir, por exemplo, mostra que é possível promover transformação por meio de investimento social. Esta iniciativa de geração de renda consiste em aperfeiçoar o processo de trabalho de grupos de empreendedores. Em alguns casos como no Maranhão, o programa criou novas oportunidades de negócios a partir dos interesses e aptidões encontrados em cada localidade atendida. O Programa Agir alcançou 26 comunidades em cerca de cinco anos, beneficiando mil empreendedores. O aumento de rendas dessas pessoas é significativo, girando em torno de 230%. Em alguns casos as pessoas só passaram a ter renda a partir do Agir.

Trabalhar com investimento social é sempre desafiador, principalmente pela falta de conhecimento nas esferas públicas e privadas. Ainda há muita dúvida sobre o que cabe ao governo e o que cabe às empresas. Essa situação tem melhorado com o aumento das discussões sobre o tema, mais ainda há muito o que evoluir. É preciso que cada um entenda com clareza o seu papel, e por isso é tão importante que todos os envolvidos saibam qual é sua participação no processo e possam contribuir para a construção de soluções.

Projetos bem-sucedidos e funcionando de forma autossustentável representam o legado que a Vale e a Fundação Vale deixam para as comunidades. É preciso que as comunidades percebam e se apropriem desse legado. Para tanto, a Fundação Vale dedica pessoas capacitadas a realizar planejamento, execução e acompanhamento de suas iniciativas. A atuação nos municípios é constante e os resultados são comunidades cada vez mais preparadas para fazer o bom uso de recursos e ferramentas, transformando propostas em soluções sustentáveis.

Isis Pagy

Diretora-presente da Fundação Vale