Hong Kong lidera perdas do dia nas bolsas da Ásia ao recuar mais de 2%

Publicado em 06/12/2017 por Valor Online

SÃO PAULO - Os mercados acionários da Ásia e do Pacífico tiveram perdas acentuadas nesta quarta-feira, após a baixa no dia anterior em Wall Street. As perdas na Ásia foram lideradas por Hong Kong, com o índice Hang Seng encerrando em queda de 2,14%, a 28.224,80 pontos. Até há poucas sessões, o Hang Seng acumulava ganhos na casa de 35%, um dos mercados globais de melhor desempenho em 2017, o que favorece a forte realização de lucros em andamento, à medida que se aproxima o fim do ano. Na China continental, o índice Xangai Composto fechou em baixa de 0,29%, aos 3.293,96 pontos, liderada por perdas nos segmentos de energia e da indústria de transformação. As ações do segmento de finanças também tiveram desempenho negativo em Xangai nesta sessão, após o jornal "China Daily" ter reportado que Wang Zhaoxing, vice-presidente da Comissão Reguladora dos Bancos na China, ter indicado a possibilidade de novas iniciativas de controle, pedindo aos bancos comerciais que aprimorem a gestão de risco financeiro, especialmente o relacionado à liquidez, considerada a maior ameaça aos bancos de pequeno e médio porte. O índice Nikkei 225, de Tóquio, chegou a cair mais de 2%, mas conseguiu limitar um pouco as perdas, encerrando o dia em baixa de 1,97%, aos 22.177,04 pontos, com apenas 11 dos 225 componentes no terreno positivo. Como em outros mercados da Ásia e do Pacífico, as ações dos segmentos de mineração e metais estiveram entre as de pior desempenho na sessão, em meio à queda nos preços do cobre e de outras commodities metálicas. Em Tóquio, os papéis da Nisshin Steel cederam 5,3%, Toho Zinc perdeu 4,9%, Sumitomo Metal Mining diminuiu 4,1% e Mitsui Mining & Smelting teve queda de 4%. Peso-pesado do Nikkei, as ações da Fast Retailing, operadora das lojas de vestuário Uniqlo, caíram 4,79%. Em Seul, o índice Kospi diminuiu 1,42%, a 2.474,37 pontos, com Samsung Heavy Industries em queda de 23%, após o terceiro maior estaleiro do mundo ter anunciado venda de US$ 1,4 bilhão em novas ações e indicado prejuízos operacionais para este ano e o próximo. Em Taiwan, o índice Taiex, com forte exposição ao segmento de tecnologia, cedeu 1,64%, a 10.393,92 pontos, estendendo as perdas da semana. As ações da Taiwan Semiconductor Manufacturing fecharam em baixa de 1%.