Mobius recomenda aplicar em metais, ações africanas e no Vietnã

Publicado em 07/12/2017 por Valor Online

Mobius, da Franklin Templeton: Vietnã como 'um dos mais dinâmicos' asiáticos Gostaria de saber onde Mark Mobius investiria US$ 100 mil atualmente? Um terço em commodities, um terço em ações africanas e um terço no Vietnã - essa foi a resposta do investidor pioneiro dos mercados emergentes durante uma sessão de perguntas e respostas na conferência Year Ahead Asia da Bloomberg, em Jacarta. O paládio, que subiu 45% neste ano, e a platina são as commodities "mais notáveis" e são atraentes por serem usadas em catalisadores para motores de automóveis, disse Mobius, presidente do conselho-executivo do grupo de mercados emergentes da Franklin Templeton. No caso da África, Mobius disse que estava interessado em ações da África do Sul, da Nigéria, do Quênia e do Zimbábue. O momento é uma "ótima oportunidade" para investir no Zimbábue porque, prevê, o mercado deverá ser aberto e as reservas internacionais aumentarão após a derrubada do ex-presidente Robert Mugabe. Mobius descreveu o Vietnã, país cujo índice acionário de referência VN Index subiu 41% neste ano, como "um dos mais dinâmicos" mercados asiáticos. "É um mercado pequeno, um mercado de fronteira, mas animador", disse ele, em entrevista separada na conferência.