Semana será de forte instabilidade no Rio Grande do Sul

Publicado em 09/10/2017 por Jornal do Comércio - RS

Embora os radares meteorológicos tenham falhado ao prever um fim de semana chuvoso no Estado, o alerta para uma forte instabilidade no decorrer do dia de hoje permanece. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), é possível que áreas isoladas do Alto Uruguai, do Planalto Médio, dos Campos de Cima da Serra e da Encosta Superior do Nordeste sofram com a ocorrência de chuva, de moderada a forte, que provocarão acúmulos significativos de água, com trovoadas, possível queda de granizo e rajadas de vento que variam entre 60 a 90 quilômetros por hora.
A instabilidade dá uma trégua amanhã - o céu permanece nublado e há previsão de chuva, mas esparsa. Hoje, as temperaturas variam entre 12 e 30 graus, e amanhã, entre 14 e 30 graus. Porém, a partir de quarta-feira, a possibilidade de trovoadas, de queda de granizo e de ventos fortes retorna ao Estado.
Para Porto Alegre, a previsão é de céu nublado e de pancadas de chuva, acompanhadas de trovoadas. A temperatura varia, hoje, entre 16 a 29 graus. Para amanhã, a chuva para, mas o sol ainda deve permanecer entre nuvens. A temperatura varia entre 20 e 27 graus. Na quarta-feira, a instabilidade volta a atingir a Capital.
Ontem, as temperaturas variaram entre 16,5 e 23,3 graus na Capital. No Estado, a temperatura mais baixa, de 8 graus, foi registrada em São José dos Ausentes; e a mais alta, de 29,6, em São Luiz Gonzaga.
Em relação à agricultura, o Rio Grande do Sul tem enfrentado problemas com o plantio de culturas de verão, como o milho e o arroz. Isso porque o excesso de chuva dos últimos dias tem feito com que os agricultores não consigam ter um período de uma semana seca para que as máquinas trabalhem.
Com a previsão desta semana, os períodos para o plantio continuarão bastante apertados. Somente na segunda metade do mês, com uma trégua nas chuvas, o plantio do arroz poderá avançar.