Caso Marielle terá 'investigação da investigação'

Publicado em 02/11/2018 por Sputnik

A investigação responde a um pedido da Procuradoria-Geral da República. Segundo o ministro, duas testemunhas apontaram pessoas envolvidas no crime que estão dentro do poder público para barrar a investigação.

O assassinato da vereadora do Psol ocorreu em 14 de março e, no mês de agosto, Jungmann ofereceu o auxílio da Polícia Federal para apurar o episódio. A oferta, contudo, foi recusada pela Polícia Civil carioca — que cuida da elucidação do crime.

A afirmação de Jungmann ocorre após o miliciano Orlando de Oliveira Araújo, o Orlando da Curicica, afirmar em entrevista ao jornal O Globo que existe uma tentativa de barrar a investigação do duplo homicídio.

Leia a matéria completa no site Sputnik