Bolsa tem leve alta após Datafolha; Petrobras sobe e Eletrobras recua

Publicado em 11/10/2018 por Valor Online

SÃO PAULO  -  O Ibovespa iniciou a quinta-feira no campo positivo, com os investidores regindo à vantagem exibida por Jair Bolsonaro (PSL) no levantamento Datafolha de intenção de voto. No entanto, o tom dos mercados externos traz cautela à sessão, inibindo movimentos compradores de maior intensidade.

Às 10h45, o Ibovespa avançava 0,15%, aos 83.804 pontos, após chegar a subir 1,28% na máxima do dia, aos 84.749 pontos. O giro financeiro do índice estava perto de R$ 2 bilhões.

Segundo o Datafolha, Bolsonaro tem 58% dos votos válidos no segundo turno, enquanto Fernando Haddad (PT) aparece com 42%. A confirmação do favoritismo do militar - candidato visto como mais alinhado às pautas econômicas defendidas pelo mercado financeiro - parece trazer algum alívio aos investidores, sobretudo aos papéis do 'kit eleições'.

O tom negativo dos mercados acionários globais, contudo, pode trazer instabilidade ao índice ao longo do dia - em Nova York, Dow Jones, Nasdaq e S&P 500 operavam em queda.

Entre as estatais, registravam em alta Petrobras PN (0,61%), Petrobras ON (1,19%) e Banco do Brasil ON (0,75%), enquanto Eletrobras ON (-1,30%) e Eletrobras PNB (-2,24%) dão continuidade ao movimento de baixa registrado no dia anterior.

Entre os bancos privados, Itaú PN perdia 0,15% e Bradesco PN declinava 0,06%. Já o segmento de varejo apresenta ganhos intensos, puxado por B2W ON (2,25%) e Magazine Luiza ON (3,03%).