Caixa escolhe quatro novos vice-presidentes

Publicado em 07/11/2018 por Valor Online

BRASÍLIA  -  A Caixa Econômica Federal anunciou a escolha de quatro novos vice-presidentes após a conclusão de um processo de seleção coordenado por uma empresa de recrutamento. O economista João Carlos Gonçalves da Silva será o novo vice-presidente de Governo. Ele atuou este ano como diretor presidente e de Relações com Investidores da Companhia São Paulo de Desenvolvimento e Mobilização de Ativos (SPDA).

A vice-presidência do Corporativo será assumida por João Eduardo de Assis Pacheco, economista com experiência no mercado financeiro.

Os dois outros cargos - vice-presidências de Fundos de Governo e Loterias e de Habitação - ficaram com os funcionários de carreira da Caixa Roberto Barros Barreto e Jair Luiz Mahl, respectivamente.

Nova determinação do estatuto da Caixa estabeleceu, este ano, que as funções técnicas e de gestão da instituição devem ser definidas por meio de processo seletivo. Apenas o presidente da instituição seria uma indicação da Presidência da República. O objetivo foi fortalecer a governança do banco, após ex-gestores que chegaram à instituição por indicação política terem sido alvos de suspeitas de irregularidades. Segundo informações da própria Caixa, participaram do processo 27 candidatos internos e 111 externos.

Esse primeiro ciclo foi coordenado pela empresa Russel Reynolds. Os nomes foram submetidos à aprovação do conselho de administração da Caixa, que elegeu os quatro vice-presidentes na última quinta-feira.

Um segundo ciclo de seleção já está em curso para escolher nomes para as vice-presidências de Administração e Gestão de Ativos de Terceiros, de Logística e Operações, de Produtos de Varejo e de Tecnologia da Informação. As inscrições podem ser feitas até 19 de novembro.

Os novos vice-presidentes terão mandato de dois anos, com a possibilidade de até três reconduções.