China: atividade industrial acelera em novembro, diz indicador privado

Publicado em 03/12/2018 por Valor Online

China: atividade industrial acelera em novembro, diz indicador privado

PEQUIM  -  A atividade nas fábricas da China avançou ligeiramente mais rápido em novembro, mostrou um indicador privado nesta segunda-feira, em contraste com dados oficiais que mostraram uma expansão mais fraca na última sexta.

O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) apurado em conjunto pelo grupo de mídia Caixin e o instituto de pesquisas Markit para o setor industrial da China subiu para 50,2 em novembro, ante 50,1 em outubro, segundo as empresas.

Pela metodologia do PMI, dados acima de 50,0 indicam expansão da atividade do setor ante o mês anterior, enquanto números abaixo desse patamar indicam contração. Já o número 50,0 mostra estagnação,

O total de novos pedidos cresceu ligeiramente em novembro, o que pode ser devido a uma série de políticas governamentais com o objetivo de apoiar o setor privado, disse Zhengsheng Zhong, economista do Grupo CEBM.

Mas um subíndice de novos pedidos de exportação caiu ainda mais em território contracionista no mês passado, indicando o impacto do atrito comercial entre China e Estados Unidos sobre as exportações nos últimos meses, disse Zhong.

China e Estados Unidos concordaram com um cessar-fogo na batalha comercial durante uma reunião de seus líderes no G-20 neste fim de semana, com os Estados Unidos adiando planos de aumentar as tarifas sobre US$ 200 bilhões em bens chineses. Economistas apontam que essa suspensão reduz os efeitos negativos das tensões comerciais e melhorar o sentimento do mercado.

Um subíndice do PMI privado para produção ficou inalterado pelo segundo mês consecutivo devido a uma combinação de vendas relativamente moderadas e políticas ambientais mais rígidas ditadas pelo governo, disseram as empresas.

O subíndice de emprego caiu ainda mais em território negativo em novembro, devido à demanda mais suave e às políticas de redução de pessoal de algumas empresas.

"A economia da China estava fraca, mas não mostrou sinais significativos de deterioração", disse Zhong.

Enquanto o PMI do Caixin/Markit mostrou melhora em novembro, o PMI industrial divulgado pelo governo chinês na semana passada mostrou estagnação da atividade ao cair para 50,0 em novembro, ante 50,2 em outubro.

O PMI privado é baseado em dados compilados de respostas mensais a questionários enviados a executivos de compras em mais de 400 empresas de manufatura.

Em comparação com a cobertura do PMI oficial, que inclui grandes empresas estatais, o PMI do Caixin/Markit tende a rastrear os pequenos fabricantes privados mais de perto.