Grupo Pão de Açúcar tem receita líquida de R$ 11,3 bi no 1º tri (+7,5% em 1 ano)

Publicado em 13/04/2018 por IstoÉ Dinheiro

O Grupo Pão de Açúcar (GPA) apurou receita líquida de R$ 11,3 bilhões no primeiro trimestre de 2018, um crescimento de 7,5% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

No critério mesmas lojas, que considera apenas unidades abertas há mais de um ano, as vendas do GPA aumentaram 4,4% entre janeiro e março na comparação com iguais meses de 2016. O crescimento foi positivamente impactado por efeitos de calendário, uma vez que a Páscoa este ano ocorreu ainda em março. Excluindo-se esse efeito, o crescimento das vendas no critério mesmas lojas teria sido de 2,4%, conforme informou o GPA.

A companhia registrou queda nas vendas da divisão de negócios que inclui as bandeiras Extra e Pão de Açúcar. O segmento chamado de Multivarejo teve recuo de 3,5% nas vendas líquidas no primeiro trimestre de 2018 em comparação com igual período do ano anterior. Já no critério mesmas lojas, o Multivarejo cresceu 0,4%. Excluindo-se o efeito da Páscoa, cairia 2,3%.

Segundo o GPA, a deflação de alimentos impactou negativamente o resultado. A empresa destacou ainda a perda de vendas no Multivarejo em razão de um incêndio que atingiu seu centro de distribuição no final de dezembro. Segundo a companhia, cerca de R$ 200 milhões foram perdidos em vendas que deixaram de ocorrer nos meses de janeiro e fevereiro por falta de produtos nas lojas, a chamada ruptura.

A empresa afirma ainda que, a partir de março, implementou políticas comerciais capazes de reverter a tendência negativa de janeiro e fevereiro.

Assaí

A rede de "atacarejo" do Grupo Pão de Açúcar, o Assaí, registrou crescimento de 10,3% nas vendas líquidas no critério mesmas lojas no primeiro trimestre de 2018. O indicador leva em conta unidades abertas há mais de um ano

As vendas do Assaí foram impactadas positivamente por um efeito calendário, dado que este ano a Páscoa aconteceu ainda em março. Sem esse efeito, as vendas mesmas lojas cresceriam 9,4%.

No primeiro trimestre, a receita do Assaí foi de R$ 5,058 bilhões, crescimento de 25,2% considerando a totalidade da base de lojas.

Em divulgação de resultados, o GPA destacou ainda as conversões de lojas que antes funcionavam como hipermercados da bandeira Extra e que estão sendo transformadas em "atacarejos". Essas conversões ajudaram a elevar o ritmo de crescimento do Assaí.

Considerando a receita bruta no critério mesmas lojas, o crescimento excluindo as conversões teria sido de 5,1%. Com as lojas convertidas, no entanto, o ritmo de crescimento sobe para 9,9%. O GPA afirmou que, atualmente, quatro novas lojas do Assaí estão em construção e uma em processo de conversão.