Produção industrial da China sobe 6,2% em outubro, conforme previsões

Publicado em 14/11/2017 por Valor Online

PEQUIM - A produção industrial na China diminuiu em outubro em relação ao ano anterior, indicando uma suavização no impulso de crescimento, informaram os dados do Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, na sigla em inglês), divulgados nesta terça-feira. A produção industrial de valor agregado, um indicador aproximado do crescimento econômico, cresceu 6,2% em outubro em relação ao mesmo mês do ano passado. A leitura ficou abaixo do aumento de 6,6% registrado em setembro. O dado de outubro veio em linha com a previsão de crescimento de um grupo de 11 economistas consultados pelo "The Wall Street Journal". Na comparação mensal, a produção industrial avançou 0,5% em outubro sobre setembro, quando havia crescido 0,56% em relação a agosto. Investimentos O investimento em ativos fixos fora de áreas rurais na China cresceu 7,3% de janeiro a outubro em relação ao mesmo período do ano anterior, desacelerando na comparação com a medição entre janeiro a setembro, quando avançou 7,5% ao ano, informou também nesta terça-feira o NBS. O investimento em ativos fixos é um indicador da atividade de construção acompanhado de perto pelo mercado e a leitura mais recente ficou em linha com a previsão dos economistas. O crescimento de janeiro a outubro foi o mais fraco desde o divulgado em dezembro de 1999, de acordo com a consultoria Wind Information, um provedor local de dados. Varejo As vendas no varejo da China cresceram 10,0% em outubro em relação ao mesmo mês do ano anterior, desacelerando na comparação com o aumento de 10,3% ao ano registrado em setembro, segundo o NBS. A leitura de outubro também ficou abaixo da mediana das previsões de um grupo de 11 economistas consultados pelo "The Wall Street Journal", de uma alta de 10,5%. Na comparação mensal, as vendas no varejo cresceram 0,74% em outubro ante setembro.