Suíça vai à OMC contra tarifas dos EUA

Publicado em 10/07/2018 por A Notícia - SC

Genebra10/07/2018 | 07h58

A Suíça iniciou, na Organização Mundial do Comércio (OMC), um processo contra as sobretaxas às importações de aço e alumínio por parte dos Estados Unidos - anunciou o governo em nota divulgada nesta terça-feira (10).

"Desde 23 de março de 2018, os Estados Unidos aplicam tarifas suplementares à importação de alguns produtos de aço e alumínio", indicou o Ministério da Economia.

"A Suíça também se vê afetada por essa medida, motivo pelo qual interpôs, em 9 de julho de 2018, assim como outros países, uma demanda de consultas com os Estados Unidos no âmbito de um processo de resolução de controvérsias na OMC", indicou.

País da sede da OMC, a Suíça se une, assim, a outros membros da organização internacional que decidiram responder às medidas de Washington. Entre eles estão União Europeia, China, México, Canadá e Rússia.

As regras da OMC estabelecem que, se o conflito não se resolver em 60 dias, a Suíça pode pedir à OMC que crie um tribunal de arbitragem, primeiro passo de um longo processo que pode durar anos.

Segundo o Ministério da Economia, as exportações da Suíça afetadas pelos tarifas dos Estados Unidos representam cerca de 80 milhões de francos suíços (68,7 milhões de euro) em 2017.

A Suíça já pediu aos Estados Unidos uma isenção das novas sobretaxas, mas Washington "ainda não respondeu", declarou o Ministério.

* AFP