Vale a pena comprar carros seminovos?

Publicado em 02/10/2019 por GS Notícias

Final do ano está chegando e com ele, o 13º salário. Nessa época, aumenta o número de vendas de carros, inclusive, seminovos. Mas será que vale a pena esse investimento?

As pessoas até sonham, mas nem todos conseguem comprar um carro zero, por isso a aquisição de carros seminovos é indicada. Porém, é importante se atentar a alguns fatores, já que se trata de um veículo já rodado.

Além disso, é importante considerar a marca do veículo, ou seja, se a mesma possui boa reputação no mercado nacional. E para que você não caia em golpes, selecionamos algumas instruções importantes. Confira!

CarroSemi.jpg

O que considerar ao comprar um carro seminovo?

Os carros seminovos são, geralmente, bem conservados e por isso atrai mais atenção do que os carros usados. Além disso, é considerado como sendo uma máquina que possui excelente funcionamento.

Para não cair em roubadas, atente-se a essas dicas!

1. Atenção ao valor

Um carro seminovo não é zero e não é como os veículos usados. Ou seja, tem a vantagem de custar menos do que um zero e, na maioria das vezes, estar intacto. Fique atento ao valor da tabela FIPE, considerando que o veículo já saiu da loja.

2. Verifique a pintura

Não se impressione com o banho de cera na lataria do carro, acreditando que a pintura está excelente. Analise o carro todo, atentando-se as imperfeições na pintura, como diferenças na textura e tonalidade. Não deixe de olhar também os cantos das portas, pois estes relatam quando houve trabalhos de recuperação.

3. Confira o valor do seguro

O valor do seguro de carro é calculado com base nas informações dos motoristas, como endereço, tempo de CNH, uso do carro, entre outras. Mas as seguradoras também realizam uma vistoria no veículo e consideram o modelo para totalizar o valor.  Portanto, o modelo do veículo influencia sim no valor do seguro auto, bem como o estado de conservação. Então, se você quiser economizar com essa proteção, considere cotar o seguro auto de determinado modelo de carro, antes de comprá-lo.

CarroSemi2.jpg

4. Avalie a embreagem

Não deixe de verificar a regulagem da embreagem e caso ela esteja dura ou muito mole, saiba que isso significa problemas futuros.

5. Analise os vidros

Verifique os vidros para identificar se o veículo passou ou não por um sinistro. Atente-se a inscrição do número do chassi para identificar se o vidro foi trocado. Assim, você descarta a hipótese de que o veículo não é totalmente original.

6. Fique atento ao motor

Confira o estado do motor para então decidir se vai ou não adquirir o bem. Abra o capô e ligue o carro para melhor analisá-lo. Você deve checar condições, como: fumaça, ruídos, vazamentos de óleo nas juntas, entre outros.

7. Considere as garantias

Ao comprar um carro seminovo, saiba que ele possui garantias e você deve ficar atento a isso. Ao selecionar a loja para comprá-lo, peça referências e indicações para evitar surpresas desagradáveis.

8. Veja o manual

Muitos motoristas não se atentam a importância do manual do carro, em que constam informações importantes. Além de mostrar as especificações e detalhes de funcionamentos do veículo, ele também relata sobre as revisões da concessionária. Ou seja, ao final do manual você encontrará os selos de revisão. Estes devem estar o mais completo possível para garantir mais segurança. Se o veículo não possui manual original, cuidado!

Com base nessas informações, é possível saber se vale a pena comprar carros seminovos.

Por: Andreia Silveira, contribui com o site SeguroAuto.org.