Atualidades

Publicado em 03/12/2018 por O Fluminense

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV) fechou novembro com uma deflação (queda de preços) de 0,17%. A taxa é inferior à registrada em outubro, que fechou com uma inflação de 0,48%.

Seis das oito classes de despesas tiveram queda na taxa de outubro para novembro. Duas delas, inclusive, registraram deflação. O grupo de despesas habitação caiu de -0,06% para -0,94% no período. Já os transportes, que tiveram inflação de 0,82% em outubro, passaram a registrar queda de preços de 0,57% em novembro.

Também tiveram queda da taxa, apesar de continuarem registrando taxas de inflação, os grupos de despesas alimentação (que caiu de 0,86% para 0,41%), vestuário (de 0,56% para 0,11%), saúde e cuidados pessoais (de 0,51% para 0,09%) e educação, leitura e recreação (de 0,48% para 0,4%).

Por outro lado, tiveram alta da taxa os grupos despesas diversas (de 0,05% para 0,16%) e comunicação (de 0,17% para 0,18%).

(Fonte: EBC)