Ceará lidera mortes de adolescentes no Brasil

Publicado em 12/10/2017 por Jornal O Estado do Ceará

O Ceará é o estado que mais mata adolescentes em todo o Brasil, de acordo com relatório divulgado nessa quarta-feira (11) pela Unicef, agência da Organização das Nações Unidas (ONU). O estudo do escritório mostra o Índice de Homicídios de Adolescentes (IHA) em relação à população do estado, com dados de 2014.

Conforme a Unicef, o índice no Ceará é 8,71; em segundo lugar no ranking negativo aparece Alagoas, com 8,18. O número de adolescentes mortos no Ceará em proporção à população é quase 10 vezes maior que o do estado que aparece com o índice mais baixo, Santa Catarina, com 0,93. "As vítimas no Ceará eram, em grande maioria, meninos (97,95%) e negros ou pardos (65,75%), moradores das periferias. Os adolescentes assassinados eram, em sua maioria, pobres - 67,1% viviam em lares com renda familiar entre um e dois salários mínimos - e 70% estavam fora da escola há pelo menos seis meses", aponta o relatório.

Resposta
Em nota à imprensa, o governo do Ceará disse que tem desenvolvido diversas iniciativas e projetos voltados para a prevenção e combate à violência em toda a extensão do território cearense. "Com o intuito de alcançar diminuição nas mortes de adolescentes, algumas ações estão focadas principalmente nas áreas da segurança pública, educação, cultura e lazer. Entre as iniciativas está a criação do programa estadual Pacto Por um Ceará Pacífico, que objetiva construir uma cultura de paz e opera a partir de políticas públicas interinstitucionais de prevenção social e segurança pública". Segundo o governo, "o Pacto promoveu ações como a criação das Unidades Integradas de Segurança (Unisegs) que reforçam o enfretamento à criminalidade e representam um esforço integrado de reestruturação urbana, oferecendo mais serviços nas áreas social e da segurança".

Com relação ao índice de homicídios na adolescência, o Governo do Estado, destaca que tem priorizado as investigações relacionadas a casos de Crimes Violentos Letais Intencionais, que englobam ocorrências de homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte. "O Pacto por um Ceará Pacífico tem proporcionado mais espaço para os jovens na construção de uma sociedade pacificadora".