Deputados expõem demandas municipais na AL

Publicado em 12/10/2017 por Jornal O Estado do Ceará

Às vésperas de um feriado prolongado, as atenções dos deputados estaduais se voltaram para as demandas de seus redutos políticos. Muitos deles usaram a tribuna da Assembleia Legislativa do Ceará, ontem, para expor projetos implementados pelo Governo do Estado nos municípios cearenses, enquanto outros parlamentares aproveitaram o espaço para fazer cobranças.
No plenário, o deputado Agenor Ribeiro (PSDC) ressaltou a visita de representantes da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas do Estado (SPD) ao município de Salitre para dar apoio na elaboração do plano municipal de políticas sobre drogas.

"A cidade de Salitre já tem alguns programas voltados para o combate às drogas, e, agora, com o suporte da Secretaria, as políticas públicas para a área vão ser fortalecidas com o estabelecimento de um plano", frisou ele.
Ainda em discurso, o parlamentar revelou o teor da reunião com a deputada estadual Socorro Pimentel (PSL), de Pernambuco, que, segundo ele, discutiu a finalização do trecho entre o município de Salitre e o estado pernambucano. Agenor explicou que os governos dos dois estados celebraram um acordo para construção e revitalização da estrada.

Agenor Ribeiro lembrou que, por ser interestadual, a estrada que liga Salitre a Pernambuco é importante. "A estrada construída vai viabilizar o transporte seguro para hospitais, faculdades, além de facilitar a escoação do gesso, por parte de Pernambuco, e de farinha por parte do Ceará. O trecho construído e revitalizado é vantagem para os dois estados", disse.
Além disso, o deputado frisou as ações do Governo voltadas para o abastecimento de água no interior do Estado. "Poços profundos estão sendo perfurados, porém não existe vazão suficiente e, em poucas semanas, os poços ficam secos", disse ele, acrescentando que famílias estão passando necessidades devido a falta de água.

O deputado Osmar Baquit (PSD), por sua vez, comentou sobre a inauguração de uma "brinquedopraça" no município de Quixadá. Segundo ele, embora seja uma "ação aparentemente simples", é "fundamental" para que as crianças tenham um espaço de lazer e cultura em família.
Para o parlamentar, o governo Camilo Santana está "imbuído dos melhores propósitos". "Suas conquistas atendem todo o Estado, e não apenas seus eleitores, ao passo que sua política não agressiva e voltada para o diálogo com a população mantém as portas abertas para ele em todas as instâncias", frisou.
Baquit destacou, ainda, a proposta de criação de uma Areninha do município, "outro espaço público que atenderá os desportistas e irá proporcionar a ocupação dos espaços públicos pela sociedade".
A deputada Rachel Marques (PT), que é casada com o prefeito de Quixadá, Ilário Marques (PT), salientou que a gestão do município está fortalecida em virtude da parceria com o Executivo, pois, segundo ela, "as políticas públicas do Governo estão gerando resultados positivos em Quixadá e é algo que toda a população reconhece".

Solidariedade
Já o deputado Elmano de Freitas (PT) usou seu tempo para se solidarizar com os servidores municipais de Paracuru, que, segundo ele, entraram em greve. De acordo com o parlamentar, tramita na câmara municipal projeto de lei de iniciativa da gestão local que prevê a redução salarial dos funcionários públicos da ordem de 5% a 25%.
"Em virtude da crise financeira, os prefeitos buscam solução para os seus problemas com tentativas de retiradas de direitos. Por isso, em Paracuru, os servidores estão em greve. São mais de 1.100 pessoas que pode ter redução salarial", salientou ele, acrescentando que o assunto não teve uma "discussão democrática", com realização de uma mesa de negociação.

Cobranças
A deputada Fernanda Pessoa (PR) cobrou a liberação dos recursos do Programa de Cooperação Federativa (PCF). "O Governador não libera as emendas dos parlamentares de oposição para que também possamos ajudar os municípios, e nós precisamos, porque também firmamos nossos compromissos e precisamos cumpri-los", justificou ela.
O deputado Roberto Mesquita (PSD) ressaltou a importância de buscar políticas públicas para o problema da seca. "Em pleno século XXI, não temos soluções para a falta de água. Só falamos na seca quando estamos passando por ela, mas sabemos que ela sempre aflige o Estado. São necessárias não apenas soluções emergenciais para a estiagem", ressaltou ele.