Fundação que cuida da TV Cultura é acionada na Justiça por concorrente

Publicado em 13/01/2018 por Folha de S. Paulo Online

A Fapetec, que atualmente gere a TV Câmara, da Câmara Municipal de SP, pediu à Justiça a anulação do processo de contratação da Fundação Padre Anchieta (FPA), que assumirá a emissora. Segundo a Fapetec, houve "ilegalidades" e "vontade pré-ordenada da Câmara" na escolha da prestadora do serviço.

RUÍDO
Na ação iniciada na quinta-feira (11), a Fapetec cita irregularidades da Padre Anchieta (que administra a TV Cultura) com FGTS e INSS e descumprimento de encargos trabalhistas. E aponta que tais débitos impediriam o negócio.

RUÍDO 2
A FPA afirma estar "apta ao pleno e regular exercício de suas atividades, podendo contratar com entes públicos e privados". Segundo a Câmara, o processo, feito sem licitação, "seguiu todos os trâmites legais". O compromisso com a Fapetec termina neste domingo (14).

Leia a coluna completa aqui.