Meirelles desconversa sobre no que difere de Alckmin e diz que tucano seria bom vice em sua chapa

Publicado em 09/08/2018 por Reuters Brasil

SÃO PAULO (Reuters) - O candidato do MDB à Presidência da República, Henrique Meirelles desconversou quando questionado nesta quarta-feira sobre quais as diferenças entre ele e o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, limitando-se a responder que o tucano seria um grande candidato a vice para sua chapa.

Candidato do MDB à Presidência, Henrique Meirelles 07/08/2018 REUTERS/Paulo Whitaker

“Eu teria grande prazer em formar uma chapa com o ex-governador, ele seria, com devido respeito ao meu vice que é extraordinário, Germano Rigotto, ele seria um grande candidato a vice-presidente também, não tenho dúvida”, disse Meirelles durante sabatina promovida pelo BTG Pactual em São Paulo.

“Agora, parece que não é a opção do PSDB e dele”, acrescentou o ex-ministro da Fazenda sobre Alckmin. O tucano disputa o Palácio do Planalto com a senadora Ana Amélia, do PP, como candidata a vice em sua chapa.

Com cerca de 1 por cento nas pesquisas de intenção de voto, o emedebista disse a jornalistas que aposta que esse número crescerá com o início da propaganda eleitoral televisiva, quando o público poderá conhecer sua trajetória.

Durante o evento, Meirelles citou seus êxitos como ministro da Fazenda do governo Temer e também como presidente do Banco Central, órgão que presidiu durante oito anos a convite do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“As pesquisas qualitativas que eu tenho e que eu mandei fazer extensivamente quando eu era ministro da Fazenda para decidir se eu sairia do Ministério da Fazenda mostraram claramente que o meu potencial de crescimento é muito elevado, no momento em que o eleitor conhece a minha história”, ponderou o presidenciável.

Por Laís Martins