Notícias sobre a Paralisação dos Caminhoneiros - MPF

Publicado em 11/10/2018 por Ministério Público Federal

Empresários Emílio Dalçoquio e Luciano Hang estão entre os investigados em sete inquéritos no Estado

Raquel Dodge afirma que greve dos caminhoneiros, ou qualquer outra mobilização, não pode se sobrepor à liberdade de ir e vir

Ação conjunta efetuou diligências em pontos de paralisação de caminhoneiros nos municípios de Lages, São Cristóvão do Sul e Curitibanos

Fornecedor que agir contra Código do Consumidor e ordem econômica pode sofrer sanções administrativas, civis e penais

No Rio Grande do Sul foram instaurados quatro procedimentos

Objetivo é estabelecer diálogo entre as várias instituições acerca do desdobramento do movimento

O MPF entende que o restabelecimento da ordem pública é garantia dos direitos fundamentais dos cidadãos

Inquéritos foram instaurados em Florianópolis, Joinville, Itajaí, Criciúma, Chapecó, Lages e Dionísio Cerqueira

Além de colher informações sobre a paralisação, MPs alertaram os participantes sobre os limites de um movimento paredista e a ilegalidade da incitação para derrubar o regime democrático

Câmaras Criminal e da Ordem Econômica e Consumidor estão em articulação com órgãos centrais e procuradores locais

Impossibilidade de distribuição, causada pela greve dos caminhoneiros, tem afetado especialmente camadas vulneráveis da população

Órgãos acompanharam diariamente greve dos caminhoneiros desde o dia 24 de maio

Combustível foi priorizado para o transporte público, polícias e área da saúde

Procurador da República deu 24 horas para que detalhes sejam enviados à polícia, que providenciará escolta

Para a Procuradoria, há indícios de práticas que atentam contra a segurança nacional

Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão está atuando na apuração dos fatos

Em reunião, ficou acordado que gestores dos hospitais irão encaminhar as necessidades para que procuradores possam auxiliar na viabilização do transporte

Pedido é no sentido de que empresas de transporte que prestam serviços para a BR Distribuidora retomem as atividades

Medidas criminais deverão ser adotadas, caso seja constatada a prática de crimes nos pontos de retenção de veículos pela greve dos caminhoneiros

PGR informou que promotores e procuradores atuam para garantir a manutenção de serviços públicos, sobretudo, em áreas essenciais como a saúde

Após diligências, procurador expediu questionamentos, com prazo de 24 horas para resposta, ao interventor federal

Os casos urgentes deverão ser tratados pelo plantão.

Esquema organizado com PRF, PF, PM e PRE por meio de comboios visa a garantir o funcionamento mínimo nas áreas de segurança e saúde em Marília, Tupã e Lins

Pauta será o plano de ação emergencial para garantir transporte de insumos em virtude da greve dos caminhoneiros

A medida visa garantir o abastecimento de combustível na Capital e interior

Unidades do MPF apuram a prática de crimes federais e a violação aos direitos do consumidor