Pastor é preso em MT suspeito de envolvimento na morte de dono de site de notícias

Publicado em 03/12/2018 por Gazeta do Mato Grosso

Dono de site de notícias foi morto em quarto de hotel de São José do Rio Claro por marido de ex-amante após ser reconhecido em MT, diz polícia

Um pastor evangélico foi preso suspeito de envolvimento na morte do dono de um site de notícias, em São José do Rio Claro, a 325 km de Cuiabá. Elias Correa dos Santos, de 33 anos, morreu depois de ser encontrado ferido na cama de um quarto de hotel em outubro deste ano.

Segundo a Polícia Civil, David Aparecido Coelho de Araújo, de 44 anos, se apresentou na última quinta-feira (29) na delegacia para ser interrogado sobre o caso e foi preso. Outras duas pessoas suspeitas do crime foram presas na no dia 27.

David Aparecido Coelho de Araújo foi preso em São José do Rio Claro - Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Divulgação

David Aparecido Coelho de Araújo foi preso em São José do Rio Claro - Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Divulgação

De acordo com o delegado Marcelo Carvalho, David era o terceiro suspeito procurado pela polícia. Ele tinha um mandado de prisão decretado pela Justiça de Mato Grosso.

Sem saber do mandado, David se apresentou à polícia para ser interrogado e acabou preso ao final do depoimento. A polícia não divulgou se ele confessou ou negou o crime. O G1 tenta localizar o advogado dele.

Outros presos

Adeilson de Oliveira, de 29 anos, e Marcos Paulo Castil de Santana, de 24, foram presos na cidade de Nova Mutum, a 269 km da capital. Eles tiveram mandados de prisão decretados pela Justiça. Os dois confessaram o crime. David é primo de Adeilson.

Elias Correa dos Santos - Foto: Facebook/Reprodução

Elias Correa dos Santos - Foto: Facebook/Reprodução

Segundo a Polícia Civil, a identificação dos suspeitos ocorreu em menos de uma semana do cometimento do crime.

A linha de investigação do assassinato afastou qualquer hipótese da motivação ter relação com o trabalho de Elias.

Duas pessoas foram presas suspeitas de matarem dono de site de notícias a pauladas - Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria

Duas pessoas foram presas suspeitas de matarem dono de site de notícias a pauladas - Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria

A investigação apontou que Elias foi morto a pauladas após se hospedar no mesmo hotel em que estavam os criminosos e ter sido reconhecido por Adeilson.

Há aproximadamente dois anos, Elias se relacionou afetivamente com a mulher de Adeilson, mesmo sabendo que ela era uma mulher casada. O veículo utilizado pelos suspeitos para fugir do local, um carro modelo Idea, foi apreendido pela Polícia Civil.

Os três suspeitos foram encaminhados para a Cadeia Pública de São José do Rio Claro.

O crime

Elias Correa dos Santos, de 33 anos, foi agredido a pauladas e morreu durante o socorro. Ele era dono de um site de notícias da cidade.

Polícia encontrou dono de site ainda com vida dentro de um dos quartos do hotel em São José do Rio Claro - Foto: Divulgação

Polícia encontrou dono de site ainda com vida dentro de um dos quartos do hotel em São José do Rio Claro - Foto: Divulgação

Elias estava com as pernas amarradas por lacres e ainda estava vivo quando foi encontrado ferido no quarto.

Os policiais foram chamados por volta de 5h (horário de Mato Grosso), depois que a recepcionista do hotel encontrou um homem ensanguentado em um dos quartos.

Uma ambulância também foi chamada e os socorristas encaminharam Elias até o hospital da cidade.

No entanto, ele chegou à unidade de saúde sem vida.