Brasil tem 6,5 milhões de voluntários

Publicado em 07/12/2017 por O Globo

Grupo de voluntários em hospital do Rio

RIO - No Brasil, 6,5 milhões de pessoas exerceram algum tipo de trabalho voluntário no ano passado. Esse grupo corresponde a 3,9% da população de 14 anos ou mais de idade do país. As regiões Norte e Sul apresentaram as maiores taxas de participação voluntária. Nessas duas regiões, 5,6% e 5%, respectivamente, da população em idade ativa, participaram desse tipo de atividade.

O voluntariado também atrai mais pessoas do sexo feminino (4,6%), enquanto apenas 3,1% dos homens em idade ativa se envolveram nessas atividades. Com relação a faixa etária, a taxa de participação é maior entre pessoas de 50 anos ou mais de idade (4,6%). Os dados são da mais recente pesquisa Pnad Contínua, divulgados pelo IBGE nesta quinta-feira.

Leia mais: Mulheres trabalham, em média, três horas a mais que homens por semana

Veja também: Só na hora de brincar participação do homem se aproxima a da mulher

Confira ainda: IBGE planeja para 2020 medir peso dos afazeres domésticos na economia



Segundo a publicação, ainda que as mulheres realizassem mais trabalho voluntário que os homens, a intensidade de horas dedicadas a essa atividade não difere muito entre os sexos. No Brasil, em 2016, enquanto os homens dedicavam, em média, 6,9 horas semanais ao trabalho voluntário, entre as mulheres a média era de 6,6 horas.

Pela classificação do IBGE, o trabalho voluntário pode ocorrer de forma individual, desenvolvido diretamente para outros domicílios, ou por meio de organizações, como, por exemplo, instituições sem fins lucrativos, entidades governamentais e empresas privadas. Além disso, as atividades de voluntariado podem ser feitas para beneficiar uma grande variedade de organizações e causas: pessoas, meio ambiente, animais e a comunidade em geral.

Em 2016, das 6,5 milhões de pessoas que realizaram trabalho voluntário, 6 milhões (91,5%) o fizeram por meio de empresa, organização ou instituição. Essa prevalência foi observada em todas as grandes regiões, alcançando 92,9% na região Sudeste e 92,2% na Norte. A região Sul, por sua vez, apresentou a maior proporção de pessoas que realizaram trabalho voluntário individualmente (11%).

A pesquisa investigou, ainda, o local de realização do trabalho voluntário, podendo haver resposta em mais de uma alternativa. A maioria das pessoas realizava essa atividade em congregação religiosa, sindicato, condomínio, partido político, escola, hospital, asilo. No Brasil, essa categoria foi informada por 81,5% das pessoas que realizaram trabalho voluntário. Na região Sul, 20,2% das pessoas que realizaram trabalho voluntário o executaram em outro local, que inclui atividades destinadas a moradores de uma comunidade ou localidade, orientadas para a conservação do meio ambiente ou para a proteção de animais, ou ainda realizadas para terceiros sob a forma de afazeres domésticos, ou cuidados de pessoas, ou serviços profissionais gratuitos.