Dólar recua para menos de R$ 3,30 e Bolsa avança

Publicado em 14/11/2017 por O Globo

Foto: Chris Ratcliffe/Bloomberg

SÃO PAULO - Na véspera do feriado de Proclamação da República, o dólar comercial abriu os negócios em queda e se desvaloriza 0,78%, vendido a R$ 3,27. Nesta segunda-feira, a moeda americana subiu 0,55% e encostou em R$ 3,30 com as incertezas sobre o andamento da reforma da previdência. Na B3, o Ibovespa, principal índice do mercado de ações brasileiro, abriu em alta e sobe 0,11% aos 72.555 pontos.

O economista-chefe do home broker Modalmais, Álvaro Bandeira, em relatório divulgado a clientes, lembra que segunda, no fim do pregão, foi anunciada a demissão do ministro Bruno Araújo do ministério das Cidades e o Ibovespa engatou boa recuperação, com o índice fechando em alta de 0,43%, aos 72.475 pontos.

"Isso abriu espaço para que o presidente Michel Temer inicie a reforma ministerial criando moeda de troca para aprovação de projetos, inclusive a reforma da Previdência. Os investidores gostaram disso", escreveu o economista.

No exterior, as principais bolsas operam em direções opostas. Na Ásia, os principais pregões fecharam em queda influenciados por dados abaixo do esperado da produção industrial e venda no varejo da China. Na Europa, os principais índices acionários estão em alta por dados econômicos melhores que o esperado. Na Alemanha, o PIB do terceiro trimestre na primeira leitura mostrou alta de 0,8%, maior que o esperado de 0,6%.