Dólar sobe com correção e à espera de Datafolha

Publicado em 10/10/2018 por Info Exame

Dólar

São Paulo - O dólar iniciou a quarta-feira em alta ante o real, corrigindo parte da forte queda acumulada em outubro à espera da pesquisa Datafolha de intenção de votos para o segundo turno da eleição presidencial e digerindo o noticiário envolvendo o candidato Jair Bolsonaro (PSL).

Às 9:07 o dólar avançava 0,99 por cento, a 3,7473 reais na venda, depois de terminar a véspera em queda de 1,47 por cento, a 3,7107 reais, acumulando em outubro baixa de 8,09 por cento. O dólar futuro tinha alta de 0,8 por cento.

Na véspera, o deputado reeleito Onyx Lorenzoni (DEM-RS), cotado para assumir o Ministério da Casa Civil em um eventual governo Bolsonaro, disse que o presidenciável, se eleito, não vai apoiar a proposta de reforma da Previdência apresentada pelo governo do presidente Michel Temer.

Além disso, reportagem da Folha de S.Paulo informou que o economista Paulo Guedes, que chancela o programa econômico de Bolsonaro, está sob investigação do Ministério Público Federal em Brasília por suspeita de associar-se a executivos ligados a PT e MDB para praticar fraudes em negócios com fundos de pensão de estatais.

O Banco Central realiza nesta sessão leilão de até 7,7 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares para rolagem do vencimento de novembro, no total de 8,027 bilhões de dólares.

Se mantiver essa oferta diária e vendê-la até o final do mês, terá feito a rolagem integral.