Dólar à vista tem queda pontual com ingresso de fluxo de captações

Publicado em 06/12/2017 por IstoÉ

Diante da liquidez baixa em meio a incertezas sobre o andamento da reforma da Previdência na próxima semana na Câmara, o dólar registrou nova mínima no mercado à vista na manhã desta quarta-feira, 6, aos R$ 3,2353 (-0,02%), mas voltou a subir. Já o dólar futuro de janeiro caía 0,11%, aos R$ 3,2460, ante mínima aos R$ 3,2455 (-0,12%).

É o fluxo de entrada de captações corporativas que traz pressão de baixa (Itaú e Minerva), disse o operador de câmbio da corretora Fair Hideaki Iha.

O frigorífico Minerva, segundo fontes do Broadcast (serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado), fez uma captação de US$ 500 milhões em bônus de 10 anos e o Itaú Unibanco, uma emissão de US$ 1,5 bilhão.

Às 10h44, a moeda à vista já tinha viés de alta de 0,05%, aos R$ 3,2373.