O essencial da manhã: Primeira pesquisa Datafolha após a prisão de Lula mostra que ele continua um candidato forte

Publicado em 16/04/2018 por O Globo

Joaquim Barbosa apareceu bem cotado na pesquisa do Datafolha - Michel Filho / Agência O Globo

RIO - Bom dia. A primeira pesquisa Datafolha feita após a prisão do ex-presidente Lula mostra que ele continua um candidato forte, mas sua provável ausência nas urnas tem dois beneficiários neste momento: Marina Silva e Joaquim Barbosa. Em análise, Diego Escosteguy adverte que candidaturas promissoras não são necessariamente competitivas. Veja ainda o que pensam os eleitores de Bolsonaro. O desemprego de longo prazo é nova ameaça ao mercado de trabalho: 54% dos desempregados em 2016 ainda não se recolocaram. EUA e aliados querem ação da ONU para que a Síria desmantele programa de armas químicas. E conheça o custo milionário dos três gabinetes dos deputados da Alerj presos desde o fim de 2016. Boa leitura.

Saiba como se inscrever em nossas newsletters.

Novidade na disputa

Joaquim Barbosa aparece com força em levantamento do Datafolha, à frente de Alckmin e Ciro. Marina atrai votos de Lula após prisão do ex-presidente.

Análise

Datafolha mostra que existem candidatos promissores, mas que ainda não têm estruturas partidárias para competir em outubro, escreve Diego Escosteguy.

Crença no extremo

O que pensam e defendem os eleitores do deputado Jair Bolsonaro.

Reflexões de FH

Em livro, ex-presidente revela preocupações e aponta caminhos diante da incerteza política do país.

Aécio réu?

Tendência na Primeira Turma do STF é aceitar denúncia contra senador tucano.

Faltam vagas

A economia reagiu em 2017, mas uma pesquisa mostra que mais da metade dos que procuravam emprego em 2016 não conseguiu vaga um ano depois.

Nova chance

Royalties do petróleo vão triplicar até 2030, mas governo do Rio e prefeituras fluminenses não têm, mais uma vez, planos para aproveitar bem essa riqueza.

Dólar em alta

Incertezas no Brasil e no mundo dificultam previsões para o dólar. Veja o que recomendam especialistas para quem tem viagem marcada para o exterior.

Sorte nos dados. Yhara Linka gosta de tabuleiros desde criança. Ela tem títulos repaginados, como Banco Imobiliário - Roberto Moreyra / Agência O Globo

Ainda lembra?

Na era dos eletrônicos, jogos de tabuleiro voltam a fazer sucesso. Entenda por que e teste sua memória sobre clássicos como War e Detetive. Ou perca uma rodada.

Cerco diplomático

Aliados apresentam na ONU proposta contra programa químico sírio, e EUA anunciam sanções à Rússia.

Alto impacto

Sanções econômicas ocidentais prejudicam crescimento da Rússia.

Guga Chacra

Ação militar na Síria não afeta Assad e mostra contradições de Trump.

Diagnóstico: violência do Rio

Conheça sintomas físicos e psicólogos de um mal que vem afetando cada vez mais os cariocas: a doença do medo.

Custo cadeia

Deputados presos, assim como seus funcionários, recebem em dia: veja os gastos milionários da Assembleia Legislativa do Rio com três gabinetes.

Wagner comemora um dos gols do Vasco sobre o Atlético-MG - Márcio Alves / Agência O Globo

Vasco vibra, Flu lamenta

Em São Januário, vascaínos vencem de virada. Tricolor perde para o Corinthians com gol no fim e lamenta falta de concentração.

Rússia afunda em lesões e desconfiança

A dois meses da Copa, técnico trava relacionamento conturbado com jornalistas e jogadores. Dois estádios do Mundial foram inaugurados ontem.

Melhores amigos

Pegar objetos, identificar ruídos e ajudar nas tarefas diárias: veja como é o treinamento dos cães que auxiliam pessoas com deficiências.

SC - Geraldo Pereira canta em cena de O rei do samba, filme sobre Sinhô restaurado pelo MIS - Divulgação

Samba sincopado

Ídolo de João Gilberto, Geraldo Pereira segue menos conhecido do que deveria no ano do centenário. Saiba mais sobre o sambista e as homenagens.

À espera do Radiohead

Fomos ao show da banda inglesa em Buenos Aires para antecipar o que o público carioca pode esperar da apresentação nesta sexta-feira.

Capa de A sutil arte de ligar o f*da-se - Divulgação

Chutando o balde?

Saiba mais sobre o livro campeão de vendas no Brasil, que se diz "anti" autoajuda.