Presidente e secretário do Sintep morrem após caminhonete bater em carreta em MT

Publicado em 03/12/2018 por Gazeta do Mato Grosso

Duas pessoas morreram em um acidente nesse domingo (2) na BR-163 em Diamantino, a 209 km de Cuiabá. De acordo com a Rota do Oeste, concessionária que administra a rodovia, as vítimas estavam em uma caminhonete que bateu em uma carreta.

Uma das vítimas era a presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT), Jocilene Barboza dos Santos, de 43 anos. A segunda pessoa que morreu é Julio Cesar Martins Viana, de 63 anos. Ele é ex-presidente do Sintep-MT e atuava como secretário de articulação sindical.

Caminhonete onde presidente e secretário do Sintep-MT estavam ficou destruída após acidente em Diamantino - Foto: Polícia Rodoviária Federal de Mato Grosso/Assessoria

A informação foi confirmada pelo Sintep. Segundo a Rota do Oeste, o acidente ocorreu por volta de 14h39 no km 540 da BR-163. Chovia no momento do acidente, registrado em uma região de decida e curva.

Uma Amarok, com placa de Cuiabá, e uma Scânia, com placas de Maringá (PR) bateram de frente. Julio dirigia a caminhonete e Jocilene era passageira.

Presidente e secretário do Sintep-MT estavam em caminhonete que bateu em carreta em Diamantino - Foto: Polícia Rodoviária Federal de Mato Grosso/Assessoria

Presidente e secretário do Sintep-MT estavam em caminhonete que bateu em carreta em Diamantino - Foto: Polícia Rodoviária Federal de Mato Grosso/Assessoria

Ainda conforme a Rota do Oeste, as informações iniciais apontam que o motorista da caminhonete perdeu o controle de direção do veículo, rodou na pista e atingiu a carreta.

O resgate da concessionária esteve no local esteve no local e constatou a morte dos dois ocupantes da caminhonete. O motorista da carreta não teve nenhum ferimento.

O acidente deve ser investigado pela Polícia Civil. O velório dos dois membros do sindicato deve ocorrer na sede do Sintep nesta segunda-feira (3), em Cuiabá. O horário ainda não foi definido.

Gazeta MT/Denise Soares