Produção de veículos avança 27% de janeiro a novembro deste ano

Publicado em 06/12/2017 por O Globo

Veículos novos em pátio no Rio - Dado Galdieri / Bloomberg

SÃO PAULO - A produção de veículos cresceu 27,1% de janeiro a novembro deste ano, chegando a 2,48 milhões de unidades. Esse volume é o maior desde 2014. Em novembro, foram fabricados 249,08 mil veículos, alta de 15,2% no comparativo com o mesmo mês de 2016. Já em relação a outubro, a produção das montadoras instaladas em São Paulo recuou 0,3%. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira, pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

LEIA MAIS: Sem reforma da Previdência, novos investimentos ficam comprometidos, diz Anfavea

A guinada nas linhas de montagem neste ano aconteceu graças ao bom momento do comércio internacional. As exportações de veículos já somam US$ 14,54 bilhões nos onze meses deste ano, crescimento de 49,4%. Em volume, o aumento foi de 53,3%, com os embarques totalizando 700,89 mil unidades, um recorde da indústria nacional. O melhor ano para as empresas foi em 2005, quando exportaram cerca 500 mil unidades.

- Vamos superar as previsões deste ano. Somente no mês passado, chegamos a um recorde histórico de 73,07 mil unidades. Estamos ganhando espaço nos mercados vizinhos em razão dos investimentos em tecnologia que fizemos ao longo dos últimos cinco anos - afirmou Antonio Megale, presidente da Anfavea.

O mercado interno também é destaque neste ano. As vendas de veículos somaram 2,07 milhões de unidades no acumulado de janeiro a novembro deste ano. A alta no período foi de 9,8%, bem superior a estimativa da Anfavea para o crescimento neste ano, que é de 7%.

No mês passado, os licenciamentos foram quase estáveis no comparativo a outubro, com aumento de 0,7%, chegando a 204,2 mil unidades. No entanto, em relação a novembro do ano passado, a alta foi de 14,6%.

- Pela primeira vez no ano a media diária de vendas passou de 10 mil unidades. É o melhor número desde 2014. Lembrando que em janeiro a média diária de vendas em janeiro foi de cerca de 6 mil veículos - disse Megale.

Para caminhões, novembro foi o melhor resultado em vendas desde 2015, com 5,47 mil unidades, alta de 44% no comparativo ao mesmo mês de 2016. No acumulado, os licenciamentos de caminhões chegaram a 45,86 mil veículos, um volume pouco inferior ao mesmo período do ano passado, 0,5%.