PSD derrota Colombo 

Publicado em 07/12/2017 por Jornal de Santa Catarina

A Assembleia Legislativa recebeu uma enxurrada de projetos encaminhados pelo governador neste fim de ano. Repete-se, assim, uma tradição parlamentar nas relações com o Poder Executivo. Nas últimas semanas do ano, abrem-se boqueirões para aprovação de matérias polêmicas que, na tramitação normal, teriam rejeição. Entre os projetos em andamento há o que reajusta os valores de taxas cobradas por órgãos estaduais.      

Nas últimas sessões, um fato novo: deputados do PSD e da base do governo votando contra o governador. Ocorreu no processo que extinguiu o porto de São Francisco do Sul. O governador insistiu em transferir o saldo do porto, em mais de 100 milhões de reais para o caixa único do Tesouro. Considerava fundamental para pagar o 13º e o salário de dezembro dos servidores. O líder governista Darci de Matos e vários parlamentares do PSD, incluindo Gelson Merísio, votaram contra Colombo, mesmo sendo derrotados. O dinheiro vai para o governo. 

Na sessão de ontem, foi aprovado com votos dos pessedistas outro processo que o governo tinha posição contrária: o reajuste salarial dos professores e servidores da Udesc.

Uma terceira matéria - e de maior impacto - sobre as polêmicas debêntures da Celesc passou com votos do PSD.  Previa negociações com empresas devedoras do ICMS para resgate dos títulos, que hoje somam mais de R$ 7 bilhões. O governador vetou o dispositivo, desarmando a bomba financeira.       

Sinal dos tempos: ruídos políticos esfriaram as relações entre Colombo e Merísio. O governador convidou o deputado para o jantar que oferecerá ao ministro Gilberto Kassab e prefeitos na próxima semana. Mas os dois líderes continuam se estranhando nos bastidores.                                                     

Justiça muda

Novo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Rodrigo Collaço, foi eleito com 47 votos, contra 44 do desembargador Cesar Abreu. O 1º. vice-presidente, Moacyr de Moraes Lima foi o escolhido por ser o mais antigo na carreira. Conquistou 45 votos, o mesmo que o desembargador Sérgio Heil. Collaço e Moraes serão empossados em fevereiro com os demais dirigentes do Tribunal de Justiça.                         

Condecoração               
O governador Raimundo Colombo assinou ato conferindo ao ex-deputado Ivan Ranzolin a medalha Anita Garibaldi, a maior condecoração do Estado de Santa Catarina. A outorga será no dia 18 de dezembro, na Casa Rosa, em Lages.  Ranzolin foi vice-prefeito de Colombo na Prefeitura de Lages, exerceu sete mandatos parlamentares, instalou a Defensoria Pública Estadual e hoje é o presidente do Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc).               

Voos para SC               
A Aerolíneas Argentinas inicia hoje a ligação de Buenos Aires e outras cidades argentinas com Florianópolis. Programou para a próxima temporada 312 voos, entre os regulares e os fretados. Virão turistas de Buenos Aires, Córdoba, Mendonza e Rosário. A empresa Andes Lineas Aereas tem 110 voos já definidos durante o verão. E há companhias com dezenas de voos do Chile, Paraguai e Peru.       

Acompanhe as publicações de Moacir Pereira

 Empresário diz que governo pode perder delegação do Porto de São Francisco 

Confira todos os eleitos para a nova gestão do TJ-SC 

Desembargador Rodrigo Collaço é eleito presidente do TJ-SC