Trump pede ajuda de premiê do Paquistão para conversas de paz afegãs, diz ministro

Publicado em 03/12/2018 por Terra

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu ajuda do Paquistão nas conversas de paz afegãs em uma carta enviada ao primeiro-ministro paquistanês, Imran Khan, disse o ministro da Informação do país asiático, Fawad Chaudhry, nesta segunda-feira.

Primeiro-ministro do Paquistão, Imran Khan 03/11/2018 REUTERS/Jason Lee

Foto: Reuters

Trump quer encerrar uma guerra de 17 anos entre forças de segurança do Afeganistão e militantes do Taliban afegão que lutam para expulsar forças internacionais para estabelecerem sua versão da lei islâmica sem concessões.

Autoridades dos EUA insistem há tempos para que o Paquistão pressione a liderança do Taliban, que Washington diz estar sediada no país, para que esta se sente à mesa de negociação."O presidente Trump escreveu uma carta", disse Chaudhry à Reuters. "Ele pediu a cooperação do Paquistão para levar o Taliban a conversar".Trump disse a Khan que o relacionamento com o Paquistão é muito importante para os EUA e para se encontrar uma solução para o conflito afegão, acrescentou Chaudhry.A embaixada norte-americana em Islamabad não comentou a carta de imediato.Trump disse no mês passado, em uma entrevista, que o Paquistão "não faz droga nenhuma" pelos EUA, apesar dos bilhões de dólares de ajuda de Washington, acrescentando que autoridades paquistanesas conheciam a localização de Osama bin Laden, ex-líder da Al Qaeda, antes de ele ser morto por soldados dos EUA em uma operação dentro do Paquistão em 2011.Na semana passada o presidente afegão, Ashraf Ghani, disse ter montado uma equipe de 12 pessoas para negociar a paz com o Taliban, mas alertou que a implantação de qualquer acordo levará ao menos cinco anos.

Reuters

Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente