Deputado confirma 4 milhões de euros a consulados italianos

Publicado em 12/01/2018 por IstoÉ

SÃO PAULO, 12 JAN (ANSA) - O deputado italiano Fabio Porta, eleito no Brasil, anunciou que o governo realizará um aporte de 4 milhões de euros para agilizar os serviços da rede consular, como os processos de reconhecimento de cidadania.   

Segundo o parlamentar, a maior parte dos recursos será destinada às sedes da América do Sul, que sofrem com longas filas nos serviços prestados pelos consulados. A notícia foi confirmada por Porta com o Ministério das Relações Exteriores da Itália.   

Os recursos são provenientes da taxa de 300 euros cobrada nos processos de reconhecimento de cidadania, cuja arrecadação será revertida apenas parcialmente à rede consular. A cifra foi instituída em 2014, por meio de uma lei assinada por Porta.   

"Os maiores beneficiários serão os consulados italianos de Argentina, Brasil, Uruguai e Venezuela. A próxima transferência diz respeito aos valores de 2016 e do primeiro trimestre de 2017, aos quais logo se seguirão os valores de 2017, e assim por diante", escreveu o deputado no Facebook.   

De acordo com ele, os consulados de São Paulo e Buenos Aires, por exemplo, receberão entre 350 mil e 400 mil euros. "Valores, é bom lembrar, que serão inteiramente destinados à melhoria dos serviços para a coletividade italiana e para a contratação de pessoal capaz de colaborar para terminar com as longas esperas para os processos de cidadania", acrescentou.   

Além disso, segundo Porta, a Lei Orçamentária italiana para 2018 prevê a contratação de 350 novos funcionários para a rede consular. O uso da taxa de cidadania para agilizar os serviços dos consulados é um pleito antigo da comunidade ítalo-descendente, principalmente no Brasil, e chega a menos de dois meses das eleições legislativas.   

Em 4 de março, a Itália renovará seu Parlamento, sendo que 12 deputados e seis senadores sairão das circunscrições no exterior, por meio do voto por correspondência. (ANSA)