Governo dará seis meses para processo de migração de rádio AM, diz ministro

Publicado em 12/01/2018 por Revista Imprensa - Caderno de Mídia

Os proprietários de rádios que operam na faixa AM terão 180 dias para pedir migração para FM. De acordo com o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab, o governo federal publicará nos próximos dias um decreto para que os interessados façam a solicitação. As informações são da Agência Brasil.




  • "Todos terão a oportunidade de fazer a migração a partir de agora", disse o ministro no programa "Por Dentro do Governo", da TV NBR.


    Atualmente, o país possui 1.781 emissoras AM, sendo que 1,5 mil solicitaram a mudança de faixa. Ao todo, cerca de 960 emissoras poderão operar na faixa atual de FM, de 88 megahertz (MHz) a 108 MH. As emissoras restantes terão que aguardar a disponibilização do espaço resultante da conclusão do processo de digitalização da televisão, que vai liberar espaço para a modificação.


    Com a queda de audiência e de faturamento devido a interferências na transmissão de sua programação e a impossibilidade de transmissão por dispositivos móveis, como celulares e tablets, a mudança do serviço de radiodifusão local por onda média, onde estão as rádios AM, é uma antiga reivindicação dos radiodifusores e está autorizada por um decreto presidencial desde 2013.


    Para fazer a migração, os radiodifusores deverão assinar um termo com o ministério, apresentar uma proposta de instalação da FM e pedir permissão para a Anatel. Caso consigam a outorga, precisarão desembolsar entre que variam entre R$ 8,4 mil e R$ 4,4 milhões, além de necessidade de adquirir novos equipamentos para a transmissão na faixa FM.


    Leia também

    Mais de 240 rádios assinam contrato de migração AM para FM

    Processo de migração de rádios AM para FM começa a partir do fim do mês