Tecnologia da Informação

Publicado em 07/12/2017 por Jornal do Comércio - RS

As cidades enfrentam a exigência por melhoria de serviços em um contexto de restrições orçamentárias. A tecnologia pode ser aliada das administrações municipais para que possam atender o cidadão com qualidade. Mas há que enfrentar desafios tecnológicos, organizacionais e de capacitação de pessoas. Nas duas últimas décadas, serviços de todas as naturezas têm sofrido uma transformação quase revolucionária. Pode ser percebida no sistema bancário, no transporte aéreo, nas compras pela internet, até no transporte individual. Um traço comum em todos estes casos é o uso intensivo de Tecnologia da Informação e Comunicação - TIC. O desafio é usar a TIC, mesmo em um cenário de orçamentos reduzidos, para aumentar a produtividade da administração e ampliar os canais de comunicação com a sociedade.
A escassez de recursos nos orçamentos municipais é uma barreira para que novas soluções tecnológicas sejam ofertadas no setor público. No entanto, esperar que essas soluções nasçam apenas da iniciativa governamental, também é um equívoco. A oferta de serviços aos cidadãos representa imenso potencial de negócios para as empresas consolidadas e startups de tecnologia. Várias são as formas possíveis de parcerias entre a administração pública e o setor privado.
Este desafio passa a ser entendido como peça de destaque e relevância das políticas de Cidades Inteligentes (Smart City) dos Municípios, e de Governo Eletrônico (e-Gov) dos estados e governo federal. Construir uma smart city é mais do que providenciar infraestrutura de TIC para o município. Significa aplicar intensivamente as tecnologias para transformar as condições de vida na cidade. Numa cidade inteligente, a tecnologia é a plataforma viabilizadora das ações integradas dos diversos setores da administração pública como a mobilidade, por exemplo. Assim, as soluções de TIC precisam ser pensadas e desenvolvidas como parte das estratégias de governo.
Presidente da Companhia de Processamento de Dados do Município de Porto Alegre (Procempa)