União avalia permitir que Cesp renove concessões de usinas

Publicado em 13/10/2017 por DCI

13/10/2017 - 05h00

União avalia permitir que Cesp renove concessões de usinas

- A União avalia um acordo com o Estado de São Paulo para que concessões de hidrelétricas possam ser renovadas no futuro, o que poderia intensificar o apetite de investidores pela privatização da empresa.

A informação foi dada pelo secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Paulo Pedrosa, à Reuters.

O leilão de venda da fatia do governo estadual na Companhia Energética de São Paulo (Cesp) estava previsto para setembro, mas foi suspenso em meio a um temor de falta de interessados, com potenciais compradores queixando-se porque os contratos das hidrelétricas da empresa vencem entre 2020 e 2028, prazo considerado curto para investimentos em energia, vistos como de longo prazo.

"Lá atrás não houve uma convergência entre a posição de São Paulo e do Ministério da Fazenda sobre como dividir os benefícios, mas isso sempre é possível, e agora São Paulo vai tentar isso", disse Pedrosa.

Operações

A Cesp opera 1,65 gigawatt em hidrelétricas no Estado de São Paulo, e a possibilidade de o comprador da empresa renovar no futuro os contratos dessas usinas em troca do pagamento de uma outorga à União poderia favorecer a arrecadação do Tesouro e ao mesmo tempo elevar o valor da Cesp para investidores.

"Estamos discutindo um cronograma de trabalho. Já existe cobertura legal para esse movimento. A União pode arrecadar, é uma oportunidade", acrescentou Pedrosa. /Reuters

Assuntos relacionados:

energia