Seminário aposta em negócios sustentáveis

Publicado em 29/10/2019 por GS Notícias

Evento reúne empresas e organizações da sociedade civil, abordando desafios da conservação na Amazônia e oportunidades de engajamento do setor privado

Seminário realizado por plataforma de empresas abordará temas como inovação, fomento a cadeias de valor locais, bioeconomia e empreendedorismo na Amazônia

O Seminário Parcerias do Setor Privado pela Conservação da Amazônia ocorrerá em Belém, em 7 de novembro, promovido pela Plataforma Parceiros pela Amazônia (PPA). O evento contará com quatro grandes painéis, estimulados por uma palestra de abertura sobre os desafios da conservação da região e oportunidades de contribuição do setor privado para agenda do desenvolvimento sustentável. Além disso, a programação também terá exposição de startups participantes do Programa de Aceleração da PPA, empreendimentos de diferentes partes da Amazônia que apresentam modelos de negócios inovadores e soluções de sustentabilidade para a região.

A programação trará grandes nomes ao debate e apresentará diferentes experiências do setor privado que têm contribuído na solução de desafios sociais e ambientais da Amazônia. A palestra de abertura será proferida por Marcello Brito, CEO da Agropalma e presidente da Associação Brasileira do Agronegócio, ABAG. Brito abordará os "Desafios da conservação na Amazônia e oportunidades de contribuição do setor privado” para a plateia de convidados, composta por executivos, membros de organizações da sociedade civil e representantes comunitários.

Na sequência o seminário apresenta quatro painéis temáticos cujos debates buscam abordar a partir de diferentes iniciativas caminhos possíveis à contribuição do setor privado para a conservação de biodiversidade. Um dos primeiros painéis da tarde, intitulado “Parcerias pelo desenvolvimento territorial”, propõe discussão sobre as oportunidades de promoção do desenvolvimento territorial. Serão apresentadas experiências de parceiras entre empresas, organizações públicas e comunitárias para abordar os desafios e benefícios de arranjos multi-atores nos territórios de atuação.

O painel contará com as presenças de Jeferson Santos, da Mineração Rio do Norte (MRN) e de Gabriela Almeida, da Associação das Comunidades Remanescentes de Quilombos do Município de Oriximiná, em uma fala conjunta sobre a experiência do Programa Territórios Sustentáveis e Fundo Quilombola. Contribuem ao debate a Alcoa, representada por Rogério Ribas, e Maria Raimunda da Silva, representante do Instituto Juruti Sustentável. O painel traz ainda Eduardo Figueiredo, Diretor de projetos da Norsk Hydro, apresentando as experiências desenvolvidas na iniciativa Barcarena Sustentável. Compondo o painel, a Hydro é uma das empresas participantes das atividades da PPA no Pará desde as reuniões iniciais de construção das agendas de trabalho no estado. "Entendemos que o desenvolvimento local sustentável só é possível com colaboração, um dos valores da Hydro. Por isso, apoiamos e integramos fóruns como a Plataforma Parceiros pela Amazônia. Além disso, a empresa mantém investimentos sociais em 14 programas e iniciativas sociais em 6 municípios do Pará, um consórcio de Pesquisa em Biodiversidade (BRC) entre Brasil e Noruega com universidades e institutos dos dois países e atua no desenvolvimento de fornecedores locais. Esforços que refletem a estratégia de Responsabilidade Social Corporativa da emprrsa, alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU", afirma o diretor de sustentabilidade da Hydro, Domingos Campos. O painel é completado por Carol Ayres, pesquisadora da Humana, que apresentará resultados de estudo realizado pela PPA, que levantou casos de mecanismos de repasse de recursos entre empresas e comunidades, a exemplo de fundos e arranjos territoriais de investimento.

No painel sobre “Investimento em negócios de impacto”, o evento reunirá diferentes trajetórias com atuação em investimento privado e finanças sociais, além de empreendedores de negócios de impacto. A proposta é promover um rico debate sobre ações do setor privado no investimento social, especialmente em oportunidades de novos empreendimentos de impacto, que aliam sustentabilidade financeira com transformação positiva de indicadores sociais e ambientais. O debate, mediado por Luciana VillaNova, Gerente de Sustentabilidade da Natura, reunirá Karen Baumgart, do Grupo Baumgart, Joanna Martins, da Manioca, Nick Oakes da Althelia e Fernanda Dativo, da Sitawi Finanças do Bem. 

As cadeias de valor são o tema no painel “Fomento a cadeias de valor de produtos amazônicos”, que reúne terceiro setor e representantes comunitários para debate, com contribuições do setor privado no fomento a cadeias de valor de produtos amazônicos. O Painel contará com Elias Gomes, da Beraca e Raimundo Eraldo da Silva, da Associação de produtores de Tomé-Açu. Além de Igor Povoa, da área de Suprimentos da Vale, Eduardo Trevisan, do Imaflora e Instituto Humanize, A mediação é de Thaís Magalhães, da Prowa, organização responsável por estudo contratado pela PPA sobre o cenário de compras locais realizadas por empresas no estado do Pará.

No segundo ciclo de painéis o Seminário compartilha com o público debate sobre a “Promoção de usos socioambientais em áreas de reserva”. Serão abordados a relevância das reservas privadas para manutenção de biodiversidade em um cenário de degradação florestal e o potencial uso dessas áreas como ativos sociais coletivos. Experiências em curso e iniciativas em diferentes campos com foco nas oportunidades de promoção de diálogo e parcerias serão apresentadas pelo setor privado.

Para troca de experiência sobre o cenário das áreas de reserva o painel terá a participação de Ima Vieira do INIAMA/Museu Paraense Emílio Goeldi. Fausto Camargo da Suzano Papel e Celulose; Fabio Oti, do ICMBIO e Plinio Ribeiro, da Biofílica. A mediação do painel será realizada por João Meirelles, Diretor Geral do Instituto Peabiru.

Sobre a Plataforma Parceiros pela Amazônia (ppa.org.br):

A PPA é uma plataforma do setor privado que tem a missão de fomentar a construção de soluções inovadoras para o desenvolvimento sustentável da Amazônia. Composta por empresas, associações privadas e organizações da sociedade civil, catalisa investimentos e congrega esforços através de projetos conjuntos que promovem a conservação da biodiversidade, das florestas e dos recursos naturais amazônicos. É liderada por empresas e conta com uma Coordenação Executiva composta por Idesam (Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia), ECAM (Equipe de Conservação da Amazônia) e Instituto Peabiru, e conta com o apoio da USAID (Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional) e do CIAT (Centro Internacional de Agricultura Tropical).

banner PPA Save The Date.jpg

Serviço:

Quando: 7 de novembro em Belém/PA

Onde: Hotel Radisson (Av. Cmte. Brás de Águiar, 301– Nazaré), a partir das 13h30

Quem: o evento é reservado a convidados, mais informações sobre participação através do endereço plataformapara@peabiru.org.br

Atendimento à Imprensa: imprensa@gsnoticias.com.br ou (91) 98701-0288