Cidades de SC começam a preparar festas para o Réveillon 2018

Publicado em 05/12/2017 por Diário Catarinense

Santa Catarina se prepara para receber 2018 com muitos sons e cores nas principais cidades turísticas do Estado. Balneário Camboriú, Florianópolis, Laguna, Blumenau, São Francisco do Sul e Barra Velha trabalham na definição dos detalhes do Ano-Novo, com foco em parcerias com a iniciativa privada e destaque para a queima de fogos e as atrações musicais locais.

Balneário deve ter o maior Réveillon catarinense, com expectativa de receber perto de 1 milhão de pessoas na orla da Praia Central. Por lá não haverá apresentações musicais por questões de segurança e o investimento no show pirotécnico será de R$ 1,85 milhão. Por enquanto esse valor é totalmente bancado pela prefeitura, que ainda busca um patrocínio para dividir parte dos custos. Mesmo se isso não ocorrer, porém, a administração municipal garante que a verba está dentro do orçamento.

- Está no patamar do que gastamos todo ano, é sagrado. Hoje temos o segundo maior Réveillon do Brasil, só perde para o de Copacabana, e precisamos manter isso. Ainda mais agora com os transatlânticos, que serão um atrativo a mais para passar a virada em Balneário. Temos que expandir e não recuar - afirma o secretário de Turismo da cidade, Miro Teixeira.

Na Capital, o investimento será um pouco mais modesto, em torno de R$ 700 mil, e terá patrocínio de empresas para ajudar no custeio. A opção por não trazer um show nacional foi pelo entendimento de que a virada no município já atrai por si só, sem a necessidade de um artista ou grupo de grande renome, que cobraria um cachê alto.

- A principal questão é a passagem como um todo, o show de fogos. Tem outras áreas importantes para realizar investimentos, como chuveiros na praia, infraestrutura para o verão - argumenta o superintendente de Turismo de Florianópolis, Vinicius De Lucca Filho.

No litoral, Laguna e Barra Velha também terão queima de fogos e shows musicais. As prefeituras ainda estão fechando os valores e as atrações serão divulgadas nos próximos dias. Já em São Francisco, pelo segundo ano seguido os fogos de artifício ficarão de fora da festa. Conforme a administração municipal, a medida foi tomada para diminuir os custos. Ainda neste sentido, são os patrocínios que vão pagar as apresentações musicais e culturais na cidade no dia 31 de dezembro.

Fora do corredor litorâneo, mas com um Réveillon que vem se consolidando nos últimos anos, Blumenau investirá parte do lucro da Oktoberfest - que foi de R$ 4,2 milhões em 2017 -, para garantir a virada na Beira-Rio. O direcionamento do superávit da festa de outubro para mais eventos tem sido uma estratégia adotada pela prefeitura para garantir a sustentabilidade do calendário turístico do município, com investimentos na Magia de Natal, Osterdorf, Blumenau a Bordo e Sabores de Santa Catarina.

As viradas por SC

Balneário Camboriú

Queima de fogos? Sim
Duração: 15 minutos
Onde? Praia Central, com os fogos distribuídos em 10 balsas pela orla
Atrações musicais? Não
Investimento total? R$ 1,85 milhão
Apoio privado? Por enquanto não, mas a prefeitura ainda busca um patrocínio para arcar com parte dos gastos com os fogos. Até agora há quatro empresas que firmaram parceria com recursos para a programação de Natal da cidade
Expectativa de público? perto de 1 milhão de pessoas

Florianópolis

Queima de fogos? Sim
Duração: 15 minutos
Onde? Baía Norte, com os fogos distribuídos em três balsas pela orla da avenida Beira-Mar Norte
Atrações musicais? Sim, todas locais, em um palco montado no bolsão do trapiche da Beira-Mar
Investimento total? cerca de R$ 700 mil (licitação ainda em andamento)
Apoio privado? Sim. Divisão exata de quanto será bancado pelo poder público e quanto pela iniciativa privada ocorrerá após abertura dos envelopes da licitação
Expetativa de público? 100 mil pessoas na Beira-Mar Norte

São Francisco do Sul

Queima de fogos? Não
Atrações musicais? Sim, todas locais, no Centro Histórico, aterro da Babitonga e na Enseada
Investimento total? cerca de R$ 60 mil
Apoio privado? Sim. Todo o investimento virá de patrocínios
Expetativa de público? não divulgada

Blumenau

Queima de fogos? Sim
Duração? 15 minutos
Onde? em balsas distribuídas pelo Museu da Água, Prainha e Ponte de Ferro
Atrações musicais? Sim, todas locais, na avenida Beira-Rio
Investimento total? não divulgado (prefeitura ainda está finalizando a contratação de fornecedores)
Apoio privado? Não, mas todo o investimento virá de parte do lucro da Oktoberfest, que foi de R$ 4,2 milhões em 2017
Expetativa de público? não divulgada

Laguna

Queima de fogos? Sim
Duração? 15 minutos
Onde? em balsas distribuídas pela praia do Mar Grosso e no Farol de Santa Marta
Atrações musicais? Sim, todas locais, na praia do Mar Grosso e Farol de Santa Marta
Investimento total? em torno de R$ 100 mil (licitação ainda em andamento)
Apoio privado? Não, porque segundo a prefeitura, não houve interessados
Expetativa de público? 150 mil pessoas

Barra Velha

Queima de fogos? Sim
Duração? entre 15 e 20 minutos (ainda em definição)
Onde? em balsas distribuídas pela praia Central
Atrações musicais? Sim, todas locais, na praia Central
Investimento total? Não divulgado (prefeitura ainda está finalizando o edital)
Apoio privado? Não 
Expetativa de público? 40 mil pessoas

Leia todas as notícias do Diário Catarinense