Colégio em Fortaleza prepara alunos para enfrentar situações do cotidiano

Publicado em 09/10/2017 por Jornal O Estado do Ceará

Cozinhar, preocupar-se com uma alimentação saudável, pensar em ações de sustentabilidade, ser chefe de uma empresa, sem esquecer do lado espiritual e tudo isso aliado ao ensino pedagógico. Isso é o que o Colégio Adventista Paulo Cesar Afonso, em Fortaleza, transmite aos seus alunos do ensino infantil ao médio.

Ilustração

Durante semana passada, os alunos passaram por um grande desafio pela primeira vez: desenvolver uma empresa, nomear os cargos e vender os próprios produtos. Tratava-se da Mostra Cultural, que este ano trouxe a Feira de Empreendedorismo como forma de estimular o saber a situações do cotidiano. "A feira é uma preparação para a vida. Claro que temos conteúdo de alta qualidade, mas hoje tem que ter uma preparação para a vida. O que o empreendedorismo traz, é você a reagir diante uma situação difícil, a saber se posicionar diante uma problemática", ressaltou a diretora Marilei Rodrigues.

Na feira, cada turma transformou-se em uma empresa que variaram de áreas entre sustentabilidade, arte e culinária. Primeiro os alunos prepararam uma aula onde explanaram seus projetos à banca examinadora composta por representantes do Sebrae e do Bradesco. No sábado, eles realizaram a mostra artística com apresentações de musical, todos relacionados ao nicho empreendedor. No domingo, as empresas ganharam corpo e os produtos feitos por eles mesmo, nas dependências do colégio, foram vendidos em valores simbólicos.

De acordo com Marilei, todos os projetos foram supervisionados pelos professores. A diretora destaca que, além do empreendedorismo, os trabalhos são interdisciplinar, envolvendo disciplinas de português, matemática, geografia, história e incentivo à pesquisa. Nesta semana, cada equipe vai conferir o quanto lucrou nas vendas e 30% do lucro de todas as turmas será doado à uma instituição de crianças com câncer. "A doação foi combinada desde o início do projeto e foi ideia dos alunos do sétimo ano. Não vai ser um grande valor, mas no empreendedorismo estamos ensinando a filosofia adventista", completou.

Sobre o colégio
O Colégio Adventista está presente em 165 países há mais de 120 anos. No Ceará, além da unidade em Fortaleza, na Avenida da Universidade, existem mais outras duas, em Sobral e Quixadá. Em Fortaleza, são 450 alunos. As aulas são pela manhã, e às tardes são dedicadas ao aprimoramento para Enem e modalidades esportivas.

Segundo Marilei Rodrigues, a rede preza por três pilares considerados fundamentais: o físico, espiritual e pedagógico. No físico, os cuidados com a saúde e corpo através de uma alimentação saudável. A alimentação adventista é vegetariana, além de que as massas são integrais e não entra fritura, somente assados. Também são introduzidos hábito para ingerir mais frutas. No lado espiritual, a diretora garante que não se trata de impor dogmas religiosos, mas de ensinar sobre valores.

"É uma reflexão espiritual da vida cotidiana. Trabalhamos temas como bondade, honestidade, confiança, escolha de bons amigos. Só oito minutos dedicados para os valores das crianças. Não tem nada a ver com dogmas", explicou. Já o pilar pedagógico é reconhecido pela alta qualidade de ensino, preparação para vestibulares e por inserir temas pertinentes conforme a atualidade.

Mais conteúdo sobre:

Fortaleza Colégio